Desmantelado grupo criminoso de tráfego de droga e lavagem de dinheiro, em Espanha

Presos 64 suspeitos de pertencerem a grupo criminoso de tráfego de droga e lavagem de dinheiro, em Espanha. Apreendidas 8 toneladas de cannabis, 6 embarcações, 16 veículos, contas bancárias e outros bens num valor superior a 3 milhões de euros.

0
Desmantelado grupo criminoso de tráfego de droga e lavagem de dinheiro, em Espanha
Desmantelado grupo criminoso de tráfego de droga e lavagem de dinheiro, em Espanha. Foto: DR

Grupo criminoso organizado envolvido no tráfico de drogas e lavagem de dinheiro que operava entre Espanha e Marrocos foi desmantelado pela Guarda Civil Espanhola com o apoio da Europol. Os criminosos traficaram cannabis de Marrocos para as áreas espanholas de Algeciras e Campo de Gibraltar. As drogas eram escondidas e transportadas em lanchas rápidas até um pequeno local conhecido como cais do narcotráfico, de propriedade dos criminosos.

No dia da operação das autoridades, 7 de julho de 2020, polícias invadiram 8 locais e detiveram 64 indivíduos e apreenderam 8.000 kg de cannabis, 6 embarcações (4 barcos de alta velocidade e 2 barcos semirrígidos), 16 veículos, contas bancárias e outros bens num valor superior a 3 milhões de euros.

O Clan de los Pinchos constituído por um grupo central de vários suspeitos espanhóis que compartilham um vínculo muito forte para garantir que suas atividades criminosas não eram descobertas. Mas também havia muitos outros associados criminosos do clã a trabalhar no fornecimento da droga. Esta rede violenta de traficantes de haxixe que operam na área de Gibraltar podia fornecer a outros criminosos de três a seis toneladas de cannabis por mês.

Os lucros criminosos desse tráfico eram lavados por meio de investimentos em propriedades, feitos por empresas de fachada e administrados fantoches. As empresas de fachada comprariam então equipamentos náuticos para as lanchas que transportavam as drogas.

Nesta operação a Europol facilitou o intercâmbio de informações e forneceu apoio analítico. Durante o dia de operação, a Europol enviou três especialistas a Cádis para verificar as informações operacionais em tempo real com as bases de dados da Europol e forneceu diverso apoio técnico.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!