Dia da Europa celebrado em tempo pandemia de COVID-19

A Europa é a solidariedade manifestada na luta atual contra a pandemia mas também nos esforços para retomar a economia e na proteção do planeta, lembra Ursula von der Leyen, Presidente da Comissão Europeia, quando se celebra o Dia da Europa.

0
Dia da Europa celebrado em tempo pandemia de COVID-19
Dia da Europa celebrado em tempo pandemia de COVID-19. Foto: © UE

A Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, na sua mensagem aos europeus no Dia da Europa, que se celebra hoje, 9 de maio, começou por referir uma declaração feita há exatamente setenta anos que “iria mudar o destino de um Continente”, quando “a França, pela voz de Robert Schuman, estendeu a mão à Alemanha e a toda a Europa”.

“Schuman propôs um gesto de solidariedade: Solidariedade — foi esta a sua palavra: uma ‘solidariedade de facto’”, lembrou Ursula von der Leyen. “Desde então, percorremos um longo caminho. As nossas políticas vão da energia à educação, da agricultura à cultura, dos assuntos internos aos assuntos externos”.

E para lá de tantos progressos Ursula von der Leyen considera que “o objetivo da solidariedade ainda é válido”, e referiu: “Vou até mais longe: é mais válido do que nunca. Esta solidariedade foi posta à prova no início da atual pandemia. Esta crise mostrou-nos que virarmos-nos para dentro não é a solução. E, a seguir, começámos a partilhar e a ajudar-nos mutuamente”.

Solidariedade em tempo de pandemia

Que Ursula von der Leyen diz ser uma “Solidariedade de facto”, referindo: “Vimos paramédicos da Polónia e médicos da Roménia a salvar vidas em Itália. Vimos hospitais da Chéquia (República Checa) a tratar os doentes da França. E vimos doentes de Itália a ser levados de avião para clínicas na Alemanha. Ou o Luxemburgo a entregar equipamento médico a Espanha. Esta solidariedade tem de continuar. Só podemos derrotar este vírus se assumirmos a responsabilidade uns pelos outros. Se trabalharmos em conjunto para encontrar uma vacina”.

Solidariedade na recuperação económica e ambiente

E agora há também outras batalhas a vencer, e para isso é preciso “unirmos forças para que a nossa economia volte ao bom caminho. Se protegermos o nosso planeta através do Pacto Ecológico Europeu”, mas lembra: “Esta solidariedade não é de todo evidente. Não é um dado adquirido. Exige esforço e compromisso de todos. Mas devemos este esforço aos nossos cidadãos. E às gerações futuras. Robert Schuman tinha toda a razão. Desejo-vos um Feliz Dia da Europa. Viva a Europa.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!