Elisabete Jacinto na terceira posição nos camiões

No final da terceira etapa do Morocco Desert Challenge, a equipa portuguesa da piloto Elisabete Jacinto ocupa a terceira posição entre os camiões. A terceira etapa demorou 5h46m35s nos 347 quilómetros cronometrados de Foum Zguid a Oum Jrane.

0
1
Partilhas
Elisabete Jacinto no Morocco Desert Challenge
Elisabete Jacinto no Morocco Desert Challenge. Foto: DR

Elisabete Jacinto conquistou hoje, no final da terceira etapa do Morocco Desert Challenge, o terceiro posto entre os camiões. A portuguesa demorou 5h46m35s a cumprir os 347 quilómetros cronometrados que compunham a especial que ligou Foum Zguid a Oum Jrane e figura, após três dias de prova, na terceira posição da tabela geral da sua categoria registando uma vantagem de 40 minutos sobre Igor Bouwens que, aos comandos de um IVECO, é atualmente o quarto classificado entre os T4.

A jornada de hoje foi marcada pela travessia de muitas dunas, nomeadamente na passagem pelo Erg Chegaga. A equipa Bio-Ritmo conseguiu ultrapassar todos os obstáculos impostos por esta complexa etapa, onde a areia predominou, e apenas quatro carros, entre os quais dois buggy e um SSV, foram mais rápidos que Elisabete Jacinto.

A piloto portuguesa referiu na chegada a Oum Jrane: “Correu tudo bem, apesar de termos passado as dunas de forma muito lenta, não tivemos que cavar nem ficámos parados o que para nós é um ponto positivo a assinalar. Assim que saímos da areia aceleráramos e esforçamo-nos bastante por andar depressa. Desta forma, conseguimos acabar entre o primeiro o que é muito bom”.

Amanhã o Morocco Desert Challenge entra no quarto dia de competição. A jornada será uma vez mais marcada pelas passagens de dunas e muita areia ou não fosse a caravana deste rali atravessar as magníficas dunas do Erg Chebbi. A especial com 276 quilómetros cronometrados vai ter início em Oum Jrane e terminará em Merzouga.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz