Empréstimo de 80 milhões de euros para apoiar Reabilitação Urbana

Governo contrai empréstimo de 80 milhões de euros, junto do Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa, para a executar Programas Operacionais do Portugal 2020 nos domínios da Reabilitação e a Revitalização Urbanas.

0
2
Partilhas
Álvaro Novo, Secretário de Estado do Tesouro, Rolf Wenzel, Governador do Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa (na foto da esquerda para a direita)
Álvaro Novo, Secretário de Estado do Tesouro, Rolf Wenzel, Governador do Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa (na foto da esquerda para a direita). Foto: MF

Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa (CEB) concedeu empréstimo de 80 milhões de euros a Portugal, para dotar o Instrumento Financeiro de Reabilitação e a Revitalização Urbanas (IFRRU 2020) de verbas que permitam a execução dos fundos europeus.

O empréstimo foi hoje, 3 de março, assinado no Ministério das Finanças (MF) entre o Secretário de Estado do Tesouro, Álvaro Novo, e o Governador do Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa, Rolf Wenzel, referiu em comunicado o MF. No ato da assinatura esteve ainda presente o Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes.

Para o MF “a concretização deste investimento evidencia a prioridade do Governo na captação dos apoios disponíveis para incentivar o investimento público e privado, promovendo a regeneração e a revitalização física, económica e social de zonas urbanas por todo o território nacional”.

“O investimento agora acordado vem apoiar a concretização de projetos de reabilitação e revitalização urbana, incluindo uma componente de aumento da eficiência energética da habitação para particulares, alavancando recursos dos Programas Operacionais do Portugal 2020”, esclarece o MF.

O Ministério das Finanças considera que o empréstimo-quadro contraído junto do CEB “irá contribuir para uma rápida, eficiente e integral utilização em Portugal dos fundos europeus”, e desta forma aumentar a competitividade e a internacionalização da economia portuguesa e ao mesmo tempo “promover a melhoria do ambiente urbano.”

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz