Equipa da Universidade de Aveiro vence desafio NATO

Equipa de investigadores da Universidade de Aveiro acaba de vencer o desafio da NATO para combater extremistas na Internet. Os portugueses conceberam uma solução capaz de identificar os vídeos e fotografias de conteúdo malicioso.

0
Equipa da Universidade de Aveiro vence desafio NATO
Equipa da Universidade de Aveiro vence desafio NATO. Foto: DR

Solução concebida por equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) para detetar o uso malicioso de vídeos e fotografias na Internet, no seguimento do desafio lançado pela NATO a especialistas e académicos de todo o Mundo, acaba de vencer o concurso.

A proposta da equipa da UA, constituída por Daniel Canedo, António Neves, José Luís Oliveira, Alina Trifan e Ricardo Ribeiro, estava entre as três finalistas. Hoje, após a apresentação final das propostas no Centro de Excelência de Comunicação Estratégicas da NATO, em Riga, na Letónia, a proposta da UA foi considerada vencedora em relação às apresentadas pela Universidade de Torino e por uma startup da Lituânia.

A solução da equipa da UA consiste no desenvolvimento de um sistema capaz de analisar imagens, em formato vídeo, fotografia, ou em 3D. O sistema começa por a decompor imagem em objetos. Todos os objetos existentes nas imagens são rastreados e são identificados os que possam estar potencialmente ligados a grupos extremistas.

O sistema avalia se as imagens são originais ou se sofreram qualquer tipo de manipulação, e de seguida é analisada a informação extraída das imagens, e enquadrada com eventuais mensagens que a possam acompanhar como posts ou comentários a elas ligados nas redes sociais.

A informação extraída das imagens e dos conteúdos textuais dos posts vai permitir classificar o risco dessa informação utilizando técnicas de mineração de dados, ou seja de exploração de grandes quantidades de dados, e classificadores com base em treino de algoritmos.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!