Escolas podem contratar 1500 assistentes operacionais

Foi hoje, 28 de setembro, publicada em Diário da República a portaria que permite às Escolas contratarem 1500 assistentes operacionais, para o ano letivo de 2020/2021, a título excecional e temporário.

0
Escolas podem contratar 1500 assistentes operacionais
Escolas podem contratar 1500 assistentes operacionais

Mais 1500 assistentes operacionais vão reforçar os recursos humanos nas Escolas no ano letivo que agora começa, de 2020/2021.

A portaria que regulamenta a contratação dos assistentes operacionais foi publicada hoje, 28 de setembro, em Diário da República. A portaria estabelece um processo de contratação que pode ser célere, nomeadamente a possibilidade das escolas recorrerem a trabalhadores que já constam das reservas de recrutamento internas.

O Ministério da Educação (ME) indicou que estes 1500 assistentes operacionais vão reforçar o corpo de pessoal não docente em escolas de todo o país, incluindo nos municípios já abrangidos pela transferência de competências na área da Educação, no âmbito da descentralização.

“A esta contratação acrescerá a revisão da portaria de rácios, que comportará um aumento adicional de assistentes operacionais nas escolas, com vinculação à Administração Pública”, esclareceu o ME.

A portaria refere que a contratação dos assistentes operacionais para o ano escolar é a título excecional e temporário, e que é a termo resolutivo certo, até ao final do ano escolar de 2020/2021, é feita para a primeira posição remuneratória da carreira.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!