Estudantes replantam Mata Nacional de Leiria

Estudantes dos concelhos da Marinha Grande e de Leiria plantam pinheiros bravos na Mata Nacional de Leiria. O talhão da educação está inserido num projeto do Ministério da Educação “A Floresta, uma sala de aula emocionante!”.

0
Incêndios destroem pinhal
Incêndios destroem pinhal. Foto: Rosa Pinto/arquivo

Cerca de 400 crianças do pré-escolar ao secundário, das escolas dos concelhos da Marinha Grande e de Leiria, plantam pinheiros bravos no talhão da Educação na Mata Nacional de Leiria. Um espaço onde marca presença o Secretário de Estado da Educação, João Costa.

A iniciativa é promovida pelo Ministério da Educação (ME) e envolve a Câmara Municipal da Marinha Grande, a Câmara Municipal de Leiria e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas. O projeto do ME é de nível nacional, e consiste em ações na área da educação para a valorização dos recursos florestais.

O ME indica que “sob a égide da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania e dos princípios e valores constantes do Perfil dos Alunos, a campanha ‘Planta uma árvore: escuta a voz da Terra’ marca o início do projeto.”

As matas e as florestas são um património natural inestimável, pelo que, indica o ME, “usar a Floresta como sala de aula é aplicar em contexto real as aprendizagens das várias disciplinas do currículo dos ensinos básico e secundário para explorar, investigar e aprender sobre os ambientes naturais.”

O ME considera que, desta forma, “constroem-se laços entre as gerações mais jovens e o seu ambiente, criando uma maior consciência da necessidade de proteger e participar na recuperação e reabilitação dos ecossistemas que foram dramaticamente atingidos pelos incêndios devastadores deste ano.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!