Força aérea dos EUA aceita primeiro Boeing KC-46A Pegasus

Boeing vê o primeiro avião KC-46A Pegasus a receber a assinatura de aceitação pela Força Aérea dos EUA. A Boeing prepara-se agora para entregar os primeiros aviões tanque com destino à Base Aérea de McConnell, em Wichita, Kansas.

0
Força aérea dos EUA aceita primeiro Boeing KC-46A Pegasus
Força aérea dos EUA aceita primeiro Boeing KC-46A Pegasus. Foto: Boeing

A Força Aérea dos EUA acaba de aprovar primeiro avião tanque Boeing KC-46A Pegasus, para a entrega à Base Aérea de McConnell, em Wichita, Kansas, nas próximas semanas.

Leanne Caret, presidente e CEO da Boeing Defense, Space & Security, esclareceu que “o KC-46A é uma aeronave comprovada, segura e destinada a múltiplas missões, que vai transformar as operações de reabastecimento aéreo e de mobilidade nas próximas décadas”.

“Estamos ansiosos para trabalhar com a Força Aérea e a Marinha, durante o teste operacional inicial e a avaliação do KC-46”, referiu o CEO.

Durante extensos testes de voo, seis KC-46 completaram mais de 3.800 horas de voo e abasteceram com mais de mil e oitocentas toneladas de combustível aviões A-10, B-52, C-17, KC-10, KC-135, KC-46, F-15E, F-16 e F / A-18. O Pegasus foi “rigorosamente testado em todos os aspetos do sistema de reabastecimento e em todas as condições, incluindo dia, noite e com céu coberto.”

Agora depois da assinatura do dossier DD250, as atividades de entrega podem prosseguir. A Base Aérea de McConnell vai receber as primeiras quatro aeronaves KC-46, que já se encontram prontas para a entrega, e mais quatro aeronaves vão ser entregues na Base Aérea Altus de Oklahoma, a partir do próximo mês.

A Boeing possui um contrato para fornecer à Força Aérea 52 dos 179 aviões tanque. Além da primeira aeronave que foi aceite hoje, nove aeronaves estão em testes de aceitação pelo cliente e as restantes encontram-se em produção.

“Este é um dia histórico e emocionante para a Força Aérea e para a Boeing, quando entregamos o primeiro de muitos petroleiros KC-46”, referiu o Presidente e CEO da Boeing, Dennis Muilenburg.

O Presidente da Boeing concluiu: “Tenho orgulho pela dedicação e comprometimento da nossa equipa, de toda a empresa, e sentimo-nos honrados por fornecer esta valiosa aeronave ao nosso cliente. Esperamos continuar a apoiar e a construir o KC-46 para a Força Aérea, e para outros clientes em todo o mundo, durante as próximas décadas”.

O KC-46 possui uma fuselagem derivada do avião comercial 767 da Boeing, e é construído nas instalações da Boeing em Everett, Washington.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!