GMV vai aplicar Inteligência Artificial à Defesa

Agência Europeia de Defesa encomendou à GMV o desenvolvimento de estudo assente em técnicas de metadados, Big Data e Inteligência Artificial para apoiar a tomada de decisões em Defesa e melhorar os sistemas C4ISR na União Europeia.

0
GMV vai aplicar Inteligência Artificial à Defesa
GMV vai aplicar Inteligência Artificial à Defesa. Foto: © Rosa Pinto

A Agência Europeia de Defesa (EDA) adjudicou à GMV, grupo empresarial tecnológico, a execução do estudo “Artificial Intelligence and Big Data for Decision Making in C4ISR – ABIDE”. Trata-se de um projeto que aplicará técnicas de metadados, Big Data e Inteligência Artificial a Sistemas de Comando, Comunicações, Computação, Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (C4ISR), com o objetivo de melhorar o seu rendimento e capacidades.

Os sistemas C4ISR englobam um amplo número de arquiteturas, sistemas informáticos e de comunicações. A finalidade destes sistemas consiste em obter informações sobre o estado das operações, entregá-las formatadas em função das pessoas no comando de uma operação, para que possam ter uma clara visão das mesmas e possam tomar as decisões corretas. Este tipo de sistemas são ainda utilizados como plataforma de comunicações, de forma a transmitir ordens e qualquer outra informação que se considere relevante.

Atualmente não se concebem operações militares sem sistemas que permitam a obtenção e a elaboração de informações procedentes de diversos tipos de sensores e de sistemas. As novas tecnologias de Inteligência Artificial e Big Data, em combinação com outras tecnologias, podem ajudar o setor de Defesa a superar os atuais desafios de sistemas C4ISR em termos de rendimento, resiliência, escalabilidade, interoperabilidade e eficiência, fornecendo de uma forma rápida e fiável informação no terreno. Estas tecnologias permitem, igualmente, avaliar diversas estratégias no planeamento de uma operação e adaptar a mesma durante a sua execução, em tempo-real. As informações processadas podem estar disponíveis com diferentes níveis de complexidade e detalhe, em função das necessidades no terreno, o que levará a sistemas C4ISR cada vez mais inteligentes, interoperáveis e adaptáveis a cenários complexos.

A GMV, enquanto empresa de desenvolvimento de sistemas de software para Intelligence, Surveillance and Reconnaissance (ISR), participa em diversos programas para o Ministério da Defesa Espanhol, para a OTAN e para a Comissão Europeia.

Neste estudo, a GMV vai aplicar o conhecimento sobre Inteligência Artificial, adquirido em áreas de atividade, como Cibersegurança ou Espaço, aplicando-as ao sector da Defesa. No âmbito deste estudo a GMV vai avaliar e desenvolver significativos avanços tecnológicos para inovadoras capacidades em rede, com o fim de melhorar a qualidade e a distribuição de informação, e aumentar a interoperabilidade e consciência situacional.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!