Hóspedes crescem 9,8% e ultrapassam os 19 milhões em 2016

Hóspedes na hotelaria portuguesa aumentam, em 2016, 9,8% em relação a 2015, atingindo mais de 19 milhões, e o número de dormidas registou um crescimento de 9,6%, situando-se nas 53,5 milhões de dormidas.

0
1
Partilhas
Turistas em Lisboa
Turistas em Lisboa. Foto: © DR

A hotelaria em Portugal fechou o ano de 2016 com um crescimento de 9,8% no número de hóspedes face ao ano de 2015, tendo chegado aos 19 milhões de hóspedes. O número de dormidas registou um crescimento de 9,6%, situando-se o valor nos 53,5 milhões, o que representa um crescimento de 4,7 milhões de dormidas em relação a 2015.

Os proveitos hoteleiros ascenderam a mais de 2,9 mil milhões de euros, ou seja mais 17% acima do valor registado em 2015, indicou o Ministério da Economia.

Em 2016, o crescimento da atividade turística fez-se sentir em todas as regiões do país, com destaque para a evolução acumulada, acima da média, nos Açores com 21,1%, no Norte com 12,8% e no Alentejo com um crescimento de 10,8%.

Fora da época alta foi quando se verificou maior crescimento turístico ao atingir mais 64%. Um crescimento que veio reduzir “o indicador de sazonalidade em 1,2 pontos percentuais, reforçando a aposta do Governo na implementação de ações de combate à sazonalidade como fator fundamental de um crescimento sustentável”.

No total, em 2016, registou-se um aumento de 4,7 milhões de dormidas, 3 milhões das quais fora da época alta, um crescimento de 12,5% face a 2015.

O principal mercado emissor de turistas para Portugal em 2016 foi o Reino Unido, seguido da Alemanha. A França divide o terceiro lugar com a Espanha.

Ao longo de 2016 verificou-se “uma maior diversificação de mercados emissores, entre os quais se destacam os EUA com mais 20,8% de turistas a chegar a Portugal, a Polónia com mais 20,1%, a França com mais 18%, a Suíça, com mais 15,2% e do Brasil vieram mais 13,7%.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz