Hospital de Évora com inovador sistema de identificação de micro-organismos

Inovador sistema de identificação de micro-organismos, em particular, bactérias, está a ser usado no Hospital de Évora. O sistema permite identificar os principais mecanismos de resistência aos antimicrobianos em menos de 24 horas.

0
Hospital de Évora com inovador sistema de identificação de micro-organismos
Hospital de Évora com inovador sistema de identificação de micro-organismos. DR

O Hospital do Espirito Santo de Évora, E.P.E (HESE), possui inovadoras ferramentas de diagnóstico in vitro. Uma solução inovadora que permite maior rapidez na identificação de micro-organismos, em particular, bactérias, e que até agora está a ser usada exclusivamente neste hospital.

Uma solução que “permite a identificação e determinação dos principais mecanismos de resistência aos antimicrobianos em menos de 24 horas; anteriormente o tempo de identificação era de um mínimo de 48 horas”, explicou Filomena Baptista Caldeira, Diretora do Serviço de Patologia Clínica do HESE, citada em comunicado do HESE.

A médica acrescentou: “Com a identificação mais rápida e maior precisão, torna-se também mais rápido diagnosticar patologias e, por isso, adequar a terapêutica às necessidades concretas do doente, com vista a um tratamento mais eficaz”.

Entre as vantagens da solução encontra-se a redução significativa de tempo de análise até ao resultado, e a otimização do fluxo de trabalho. Dado que sendo o processo mais rápido e preciso, os sistemas tornam o processo mais sustentável.

As ferramentas de diagnóstico in vitro contemplam um sistema de biologia molecular multiplex e um sistema de espectrometria de massa, permitindo ao HESE fornecer “uma resposta mais rápida, completa e tecnologicamente avançada na área da microbiologia rápida e da gestão da resistência antimicrobiana”.

A rapidez de resultados de uma análise é crucial “devido à crescente resistência que as bactérias demonstram face a vários antibióticos”, e a necessidade de uma “prescrição da terapêutica eficaz depende da rapidez da deteção e da objetividade da análise.”

O Serviço de Patologia Clínica do HESE é o único laboratório público na área da Patologia Clínica, no distrito de Évora, a prestar apoio ao diagnóstico, prognóstico e seguimento dos utentes. O Serviço do HESE dispõe de uma equipa de recursos humanos diferenciada, composta por Médicos Patologistas Clínicos, Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica, Assistentes Técnicos e Assistentes Operacionais.

Um serviço que pretende tornar-se líder regional na área da sua especialidade, mas também “alargar a oferta de ensaios nas áreas de Biologia Molecular e Microbiologia.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!