iServices oferece 50 telemóveis aos Centros Hospitalares de Lisboa e Porto

Para possibilitar um mais fácil contacto entre os doentes com COVID-19 internados nos hospitais e os familiares, a iServices oferece 50 telemóveis aos Centros Hospitalares Universitários de Lisboa e Porto.

0
iServices oferece 50 telemóveis aos Centros Hospitalares de Lisboa e Porto
iServices oferece 50 telemóveis aos Centros Hospitalares de Lisboa e Porto

É conhecida a atual situação de fragilidade psicológica e o isolamento social que a atual pandemia do novo coronavírus está a colocar os doentes internados infetados com a doença. Para tentar minimizar a situação dos doentes COVID-19 a empresa iServices entregou 50 telemóveis (iPhones) ao Centro Hospitalar Universitário de Lisboa e ao Centro Hospitalar Universitário de São João no Porto.

Os telemóveis vão ser utilizados pelos doentes internados com COVID-19 que se encontram em situação de isolamento e sem possibilidade de visitas. Desta forma todos os doentes vão poder efetuar videochamadas com os seus familiares e amigos mais próximos.

Bruno Borges, CEO e fundador da iServices referiu: “Sabemos que muitos doentes que se encontram internados não possuem smartphones e muitos deles estão a recorrer à boa vontade dos médicos e enfermeiros, que cedem os seus telemóveis pessoais, para que estes estabeleçam contactos breves com os seus familiares. Considerámos que esta situação pode causar desconforto adicional aos doentes e no âmbito da nossa atividade e missão quisemos cooperar”.

A iniciativa que se insere na responsabilidade social da iServices traduz-se na oferta definitiva dos telemóveis e, “quer o responsável do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa, quer o responsável do Centro Hospitalar Universitário de São João no Porto, já nos manifestaram o agradecimento e indicaram-nos que estes iPhones irão certamente, aproximar os utentes dos seus familiares, tornado o seu internamento mais agradável. Esperamos que esta contribuição possa ter um impacto positivo no dia-a-dia destes doentes e, quem sabe, na sua recuperação mais rápida”.

A iServices manifesta ainda a disponibilidade para colaborar com a comunidade e dotar outras instituições de telemóveis e, neste caso, o CEO da empresa apela a

quem tenha telemóveis usados que não precise, pode entregá-los à iServices que faremos a respetiva desinfeção e preparação para os oferecer aos hospitais e a outras instituições onde existem, atualmente, pessoas privadas de contacto com os seus familiares, como é o caso dos lares de terceira idade.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!