Last2Ticket apresentou na Web Summit plataforma inovadora de e-ticketing

Plataforma da startup Last2Ticket dá mais autonomia aos organizadores de eventos, otimiza a gestão e beneficia promotores e clientes com serviço de e-ticketing sem custos de comissões. A startup foi à Web Summit à procura de novos parceiros.

0
2
Partilhas
Last2Ticket na Web Summit 2017
Last2Ticket na Web Summit 2017. Foto: TVEuropa

A organização de eventos é uma atividade cada vez mais complexa e que vem exigindo cada vez maior especialização, face à diversidade dos mercados e dos públicos. O planeamento deve ter em conta uma boa promoção e gestão eficiente, e nesta área entram os serviços de e-ticketing.

Atenta à evolução do mercado de organização de eventos está Catarina Simões ao criar a Last2Ticket. A empresa é uma das startups portuguesas presentes na Web Summit onde apresentou a plataforma de gestão ‘do it yourself’. Uma plataforma que abrange serviços de e-ticketing.

Os serviços de e-ticketing são disponibilizados através dos planos de subscrição mensal ou anual de utilização completa da plataforma de gestão. Com este recurso é possível melhor gestão do serviço e acrescentar uma vantagem em relação aos tickets pagos, pois neste caso as comissões de venda deixam de ser cobradas.

Catarina Simões, CEO da Last2Ticket, referiu que “a Last2Ticket apostou numa mudança de estratégia de negócio, mais focada no modelo SaaS – Software as a Service”, e desta forma “proporcionar aos organizadores de eventos ferramentas e serviços de e-ticketing para uma gestão mais eficiente” com mais controlo e gestão e menos custos.”

A Last2Ticket, que esteve presente na Web Summit de 2016 como empresa ALPHA, apresentou-se este ano na Web Summit de 2017, já como empresa BETA. Durante o último ano esta startup portuguesa teve um significativo crescimento em volume de vendas, e expandiu-se para novos mercados. Uma expansão que deve continuar, e tem como objetivo alcançar o mercado norte-americano.

Depois da parceria da Last2Ticket com a Confluences Incubateur e Investidores Privados Europeus que deu origem à criação da empresa Last2Ticket Asia o que permitiu que a plataforma e a tecnologia e-ticketing já esteja a ser implementada no Cambodja.

Sobre a importância da startup estar na Web Summit de 2017, Catarina Simões referiu: “A presença da Last2Ticket na Web Summit é uma grande oportunidade para nós e significa o culminar de um ano de crescimento, de expansão, de desenvolvimento. Servirá, também, de ensaio para os novos voos já previstos para 2018.”

A Last2Ticket tem previsto estar presente na CES, Consumer Tecnhonolgy Association, em Las Vegas, de 7 a 12 janeiro, onde irá participar no B2B Matchmaking, no âmbito da Euro Tech Week, com o apoio do programa Ready2Go, da Comissão Europeia e da Agência Europeia para PME (EASME, sigla do inglês).

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz