Mars Perseverance Rover da NASA já pousou em Marte

Depois de 203 dias e 472 milhões de quilómetros percorridos a partir da Terra, pousou em Marte o maior e mais avançado rover da NASA, o Mars Perseverance Rover. Este é um primeiro passo para trazer para Terra amostras de Marte para análise.

0
Mars Perseverance Rover da NASA já pousou em Marte
Mars Perseverance Rover da NASA já pousou em Marte. Foto: NASA/Bill Ingalls

Repleta de tecnologia inovadora, a missão Mars 2020 foi lançada em 30 de julho de 2020, da Estação da Força Espacial do Cabo Canaveral, na Flórida. A missão do rover Perseverance marca um primeiro passo ambicioso no esforço de recolher amostras de Marte e traze-las para Terra.

“Este pousar é um daqueles momentos cruciais para a NASA, os Estados Unidos e a exploração espacial globalmente – quando sabemos que estamos prestes a descobrir e apontar os nossos lápis, por assim dizer, para reescrever os livros didáticos”, disse Steve Jurczyk, administrador interino da NASA.

“A missão Mars 2020 Perseverance incorpora o espírito da nossa nação de perseverar mesmo nas situações mais desafiadoras, inspirando e fazendo avançar a ciência e a exploração. A própria missão personifica o ideal humano de perseverar em direção ao futuro e ajudar-nos-á a preparar-nos para a exploração humana do Planeta Vermelho na década de 2030”, acrescentou Steve Jurczyk.

O Mars Perseverance Rover, mais ou menos do tamanho de um carro, e que pesa 1.026 quilos vai passar por várias semanas de testes antes de começar a sua investigação científica de dois anos da cratera Jezero de Marte.

Enquanto o rover investigar a rocha e os sedimentos do antigo leito e delta do rio de Jezero para caracterizar a geologia da região e o clima anterior, uma parte fundamental de sua missão é a astrobiologia, incluindo a busca por sinais de vida microbiana ancestral.

A NASA e Agência Espacial Europeia estão a preparar a recolha de dados para permitir que cientistas estudem amostras recolhidas pela Perseverança para procurar sinais definitivos de vida passada usando instrumentos para o efeito.

A cratera Jezero tem cerca de 45 quilómetros de largura. Uma cratera os cientistas determinaram que à 3,5 mil milhões de anos atrás a cratera tinha seu próprio delta de rio e estava cheia de água.

O sistema de energia que fornece eletricidade e calor à Perseverance para explorar a cratera de Jezero é um Gerador Termelétrico Multi-Mission Radioisotope. A Perseverance está equipada com sete instrumentos científicos, um grande número de câmaras e um sistema complexo de armazenamento de amostras, que chegadas a Terra podem mostrar se há evidências de que Marte já abrigou vida.

O conjunto de sensores de Instrumentação de Entrada, Descida e Pouso em Marte recolheu dados sobre a atmosfera de Marte durante a entrada e o sistema de Navegação Relativa ao Terreno guiou autonomamente a nave espacial durante a descida final. A NASA espera que os dados possam ajudar futuras missões humanas a pousar em outros mundos com maior segurança e com cargas úteis maiores.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!