Medicamentos com Valsartan para tensão arterial elevada retirados do mercado

Infarmed emite suspensão imediata e procede à recolha em todo o circuito de distribuição de medicamentos contendo a substância ativa Valsartan. A decisão deve-se a que foi detetada uma impureza na substancia Valsartan fabricada por empresa chinesa.

0
Produtos farmacêuticos
Produtos farmacêuticos. Foto: DR

O INFARMED indicou que, no âmbito do Sistema Europeu de supervisão dos medicamentos, foi identificada uma impureza em vários medicamentos que contêm a substância ativa Valsartan, que é utilizada designadamente no tratamento da tensão arterial elevada.

Os Estados-membros da União Europeia, em articulação com a Agência Europeia de Medicamentos (EMA), desencadearam, como medida preventiva, a recolha dos medicamentos afetados em todo o circuito da distribuição.

O INFARMED recomendou em circular “que os doentes que estejam a utilizar algum dos medicamentos recolhidos não interrompam o tratamento e que contactem o seu médico ou farmacêutico, para efeitos de prescrição ou dispensa, tendo em vista a sua substituição por medicamentos alternativos.”

A impureza N-Nitrosodimethylamine (NDMA) foi detetada nos medicamentos com a substância ativa Valsartan fabricada pela empresa Zhejiang Huahai Pharmaceuticals, Chuannan Site, Duqiao, Linhai, na China.

O INFARMED esclareceu que “existem outros medicamentos contendo Valsartan ou Valsartan em associação que não serão recolhidos, bem como outros medicamentos disponíveis com as mesmas indicações terapêuticas e que constituem alternativas terapêuticas.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!