Moderna investe para aumentar produção da vacina COVID-19

Biotecnológica Moderna pretende aumentar a produção de vacinas COVID-19, em 2021, para 700 milhões de doses ou mesmo mil milhões. A empresa anuncia novos investimentos para produzir 1,4 mil milhões de doses, em 2022.

0
Moderna investe para aumentar produção da vacina COVID-19
Moderna investe para aumentar produção da vacina COVID-19. Foto: DR

A Moderna, empresa de biotecnologia especializada em terapias e vacinas de RNA mensageiro (mRNA), anuncia que está fazer novos investimentos para aumentar a capacidade das instalações próprias e de empresas parceiras de fabrico das vacina COVID-19.

Com os novos investimentos a Moderna espera aumentar a capacidade global de 2022 para aproximadamente 1,4 mil milhões de doses da vacina COVID-19. Os investimentos vão permitir a produção adicional da atual Vacina Moderna COVID-19 e fornecerão flexibilidade na abordagem da produção de potenciais vacinas que possam ser necessárias para lidar com as variantes emergentes do SARS-CoV-2.

“Acreditamos, a partir das nossas conversações com Governos de todo o mundo, que continuará haver uma procura significativa pela nossa vacina COVID-19, e agora estamos comprometidos em aumentar significativamente a nossa capacidade de produção. Devido à alta eficácia de nossa vacina COVID-19 e da nossa capacidade de desenvolver rapidamente vacinas variantes para ajudar a fortalecer o sistema imunológico dos vacinados, há um aumento na procura, disse Stephane Bancel, CEO da Moderna.

O responsável da Moderna acrescentou: “Estamos a investir nessa capacidade adicional para nos ajudar a aumentar a produção e permitir flexibilidade na produção de potenciadores de vacinas para lidar com variantes emergentes do vírus ”.

“Hoje também anunciamos nossa estratégia em torno dos testes clínicos de diferentes vacinas de reforço. Esperamos que os nossos investimentos adicionais direcionem a nossa capacidade para 1,4 mil milhões de doses em 2022, assumindo a dose atual de 100 μg. Se o nosso reforço de vacina variante exigir uma dose mais baixa, como 50 μg, poderíamos ter mais de 2 mil milhões de doses de capacidade para 2022”, concluiu Stephane Bancel.”

A capacidade de 2022 de ir até 1,4 mil milhões de doses reflete uma suposição de uma dose de 100 μg. A saída de 2022 dependerá da dose de reforço. A empresa planeia estudar uma faixa de dose de 50 μg e inferior para reforços baseados em variantes e um reforço adicional de mRNA-1273. Se a dose eficaz para um reforço for de 50 μg, o fornecimento de 2022 pode ser significativamente maior do que 1,4 mil milhões de doses. O fornecimento total de 2022 dependerá da mistura entre a vacina COVID-19 autorizada a 100 μg e o nível de dose autorizado para um reforço. No caso da Moderna dedicar toda a sua capacidade de 2022 a um reforço de 50 μg, a biotecnológica poderá fornecer até 2,8 mil milhões de doses de 2022.

Moderna também anuncia que está aumentar o seu plano básico para a produção de 2021 de 600 milhões de doses para 700 milhões de doses globalmente. A Moderna está a explorar outras abordagens para melhorar potencialmente o rendimento e está a trabalhar para otimizar ainda mais suas operações para poder vir a entregar até 1 mil milhão de doses em 2021.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!