Moderna vai produzir vacinas COVID-19 no Canadá

Anunciado acordo entre a Moderna e o Governo do Canadá para a instalação de uma unidade de produção de vacinas mRNA contra vírus respiratórios, nomeadamente vacinas contra a COVID-19. O acordo inclui transferência de tecnologia mRNA.

0
Moderna vai produzir vacinas COVID-19 no Canadá
Moderna vai produzir vacinas COVID-19 no Canadá. Foto: Rosa Pinto

A Moderna, empresa de biotecnologia especializada em terapias e vacinas de RNA mensageiro (mRNA), anunciou hoje que estabeleceu um Memorando de Entendimento com o Governo do Canadá para construir uma unidade de produção de vacinas de mRNA de última geração no Canadá. O memorando inclui o acesso ao mecanismo de desenvolvimento de mRNA da Moderna.

Os objetivos do Memorando de Entendimento são a construção de uma unidade para apoiar o Canadá no acesso direto a recursos de resposta rápida à pandemia de COVID-19 e fornecer acesso às vacinas da Moderna em desenvolvimento para vírus respiratórios.

Stéphane Bancel, Executivo-Chefe Diretor da Moderna, refere, citado em comunicado pela biotecnológica, que “gostaria de agradecer ao Governo do Canadá pela parceria que construiu connosco e pela sua confiança nos nossos dados, ciência e na nossa plataforma de mRNA para lidar com a pandemia de COVID-19. Recentemente, anunciamos dados da análise final do estudo COVE de Fase 3, demonstrando que a vacinação com a vacina Moderna COVID-19 mostrou 93% de eficácia, com essa eficácia a permanecer durável seis meses após a administração da segunda dose”.

A Moderna indica que está empenhada em trabalhar com Governos, profissionais de saúde e outras partes interessadas importantes para enfrentar os desafios da pandemia de COVID-19 e futuros agentes patogénicos. A Moderna espera investir numa unidade de produção de última geração com a colaboração do Governo canadiense.

Uma colaboração que a Moderna indica ter como objetivo fornecer aos canadienses acesso a um portfólio de vacinas de mRNA fabricadas no país contra vírus respiratórios, incluindo o vírus que causa a COVID-19, o vírus da gripe sazonal, vírus sincicial respiratório (VSR) e outras potenciais vacinas potenciais. A instalação da unidade deve ser executada no mais curto espaço de tempo de modo a poder apoiar o Canadá no acesso direto a recursos de resposta rápida à pandemia.

“Estamos entusiasmados em expandir a nossa presença e continuar a nossa colaboração de longo prazo com o Canadá”, afirmou Patricia Gauthier, gestora geral canadiense da Moderna, e acrescentou: “Com a nossa plataforma de tecnologia de mRNA líder da indústria e recursos de rápido desenvolvimento de medicamentos, esperamos ser um participante ativo no robusto ecossistema de ciências biológicas do Canadá.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!