Moody’s dá indicação para melhoria do rating a Portugal

Agência de notação financeira Moody's indicou o rating da dívida portuguesa, para o intervalo Baa1-Baa3.

0
Ministério das Finanças
Ministério das Finanças. Foto: Rosa Pinto

A Moody’s atualizou o seu intervalo de rating para a dívida portuguesa, para Baa1-Baa3, colocando o país dentro do nível de Investimento e acima do notação de rating atribuída atualmente. O intervalo agora indicado reflete a aplicação da metodologia de ratings de soberanos da agência, mas não implica uma alteração automática da própria notação, a qual é definida com base numa decisão colegial.

Em setembro do ano passado, a Moody’s tinha atribuiu uma perspetiva positiva ao rating Ba1 de Portugal, tendo referido que num prazo entre 12 e 18 meses se voltaria a pronunciar.

As agências Standard & Poor’s e a Fitch subiram o rating de Portugal, com a Fitch a elevar mesmo o rating em dois patamares. A DBRS, na sua mais recente avaliação, colocou a notação da dívida portuguesa um grau acima do nível de investimento mínimo.

Para o Ministério das Finanças “o movimento das principais agências de rating mostra um reconhecimento abrangente dos progressos significativos do modelo económico português, baseado na gestão equilibrada das contas públicas e na promoção de um crescimento sustentável.”

“Portugal virou decisivamente a página da crise. A estratégia bem-sucedida de crescimento equilibrado e inclusivo explica o momentum de rating positivo” afirmou o ministro das Finanças, Mário Centeno.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!