Novartis recorre a inteligência artificial para tratamento do cancro da mama

Novartis estabelece colaboração com a IBM Watson Health. O recurso ao sistema de computação cognitivo vai permitir melhorar tratamento do cancro da mama avançado. A farmacêutica prevê recorrer ao sistema para outros tipos de cancro.

0
1
Partilhas
Novartis Portugal
Novartis Portugal. Foto: © DR

A farmacêutica Novartis acaba de estabelecer uma parceria com a IBM Watson Health com o objetivo de “otimizar os cuidados de saúde e melhorar os resultados do tratamento dos doentes com cancro da mama”, indica a farmacêutica em comunicado.

A parceria envolve a utilização do sistema cognitivo IBM Watson, que recorre a dados do mundo real e a técnicas avançadas de análise para disponibilizar informações sobre os resultados do tratamento do cancro da mama.

Nesta parceria, que é entendida como uma colaboração por parte da Novatis, vai juntar a experiência, de mais de 25 anos, da farmacêutica na área do cancro da mama, com o conhecimento da IBM Watson Health na análise de dados e na capacidade de aprendizagem de máquinas. Nesta colaboração espera-se que o sistema vá “permitir determinar quais as combinações e sequências terapêuticas que podem melhorar os resultados em saúde para o doente.”

Cristina Morgado, diretora da Unidade de Oncologia da Novartis, em Portugal, esclarece que a parceria com a IBM Watson Health “vai permitir identificar soluções que podem ajudar os médicos a compreender qual a melhor abordagem terapêutica para cada doente ou ajudar na orientação de diretrizes de prática clínica, sempre com o objetivo de melhorar os resultados do tratamento.”

O recurso à utilização de dados reais e à computação cognitiva “é um enorme avanço para a Medicina e uma nova esperança para os doentes com cancro da mama”.

A farmacêutica Novartis possui um conjunto alargado de medicamentos para o tratamento contra cancro e “medicamentos em desenvolvimento”, sendo que “o cancro da mama é uma das áreas prioritárias para a farmacêutica Novartis”, refere em comunicado.

A evolução permanente do conhecimento científico está a melhorar o tratamento de doenças como o cancro. “No entanto, estudos e tratamentos recentes podem levantar algumas questões no que se refere ao tratamento personalizado para cada doente.”

O IBM Watson é o primeiro sistema cognitivo a ser comercializado com uma grande capacidade de computação. O sistema, que é disponível através da cloud, permite a análise de grandes quantidades de dados, a interpretação de questões complexas e a elaboração de propostas baseadas no mais sólido conhecimento científico.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz