Passageiro alemão resgatado do navio “AIDADIVA” ao largo de Peniche

Força Aérea procedeu, esta manhã, ao resgate médico de passageiro alemão do navio “AIDADIVA” que navegava ao largo de Peniche. O resgate foi coordenado pela Marinha através Centro de Coordenação de Busca e Salvamento de Lisboa.

0
Helicóptero EH-101 da Força Aérea Portuguesa
Helicóptero EH-101 da Força Aérea Portuguesa. Foto: ©Rosa Pinto/arquivo

Após a receção de uma chamada de emergência no Centro de Coordenação de Busca e Salvamento (MRCC Lisboa) foi desencadeada uma operação que levou, com a coordenação da Marinha, ao resgate, esta madrugada, de um passageiro alemão que se encontrava no navio “AIDADIVA” com sintomas de Acidente Vascular Cerebral (AVC).

​A Marinha indicou que após avaliação pelo Centro de Orientação de Doentes Urgentes Mar do INEM, da situação, foi imediatamente empenhado um helicóptero EH-101 da Força Aérea Portuguesa no resgate do doente, a partir do “AIDADIVA”, que navegava a cerca de 20 milhas náuticas, ou seja, a cerca de 37 quilómetros, ao largo de Peniche.

O passageiro de 72 anos de idade, acompanhado da esposa, chegou ao Aeródromo de Trânsito Nº1 (AT1), em Lisboa, cerca das 4 horas da manhã de hoje, e de seguida encaminhado para unidade hospitalar.​

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!