Património musical vai ser valorizado por Polo de Investigação em Mafra

Palácio Nacional de Mafra vai albergar o Museu Nacional da Música e o Pólo de Investigação dedicado às Ciências Musicais. O Polo de investigação vai dedicar-se ao estudo, preservação e divulgação do património musical.

0
Património musical vai ser valorizado por Polo de Investigação em Mafra
Património musical vai ser valorizado por Polo de Investigação em Mafra. Foto: © Rosa Pinto

Um Pólo de Investigação dedicado às Ciências Musicais vai ser criado no Palácio Nacional de Mafra, o memorando de entendimento foi assinado, hoje, entre a Direção Geral do Património Cultural, o Município de Mafra e a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH).

O objetivo deste Pólo, dedicado às Ciências Musicais, vai estudar, preservar e divulgar o património musical instalado e a instalar no Palácio Nacional de Mafra, onde ficará localizado o Museu Nacional da Música.

“Mafra tem todas as componentes para se tornar num projeto de referência mundial. É um local extraordinário para o Museu Nacional da Música, em qualquer país do mundo, com um conjunto de carrilhões, seis órgãos portugueses, uma biblioteca com milhares de documentos relacionados com a música e a capacidade de instalar um pólo de investigação dedicado às ciências musicais”, afirmou a Ministra da Cultura, Graça Fonseca.

Fazem parte do Pólo, o Departamento de Ciências Musicais da NOVA FCSH e as unidades de investigação do Instituto de Etnomusicologia, Centro de Estudos em Música e Dança (INET-MD) e Centro de Estudos em Sociologia e Estética Musical (CESEM).

A parceria agora estabelecida vai permitir aos especialistas, nomeadamente, desenvolver investigação sobre o espólio do Museu Nacional da Música, o conjunto de carrilhões e os órgãos do Palácio Nacional de Mafra ou a prática musical em Mafra. Outra área de atuação será a da formação avançada e de programas para o público em geral, alunos e professores.

Para concretizar o projeto de instalação do Museu Nacional da Música no Palácio Nacional de Mafra, a Câmara Municipal de Mafra e a Direção Geral do Património Cultural assinaram um protocolo de parceria para a criação de um consórcio de Agrupamento de Entidades Adjudicantes.

O consórcio tem a missão de contratar e fiscalizar as empreitadas necessárias à execução da obra, tal como os projetos de arquitetura e museografia do Museu Nacional da Música.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!