Pescadores de Peniche e da Nazaré vão fazer testes à COVID-19

Centro Diagnóstico COVID-19 do Politécnico de Leiria vai proceder a testes à COVID-19 a todos os pescadores com atividade nos portos de pesca de Peniche e da Nazaré. Atualmente o Centro está a realizar testes a idosos e a pessoas de apoio a idosos.

0
Pescadores de Peniche e da Nazaré vão fazer testes à COVID-19
Pescadores de Peniche e da Nazaré vão fazer testes à COVID-19. Foto: © Rosa Pinto

O Centro Diagnóstico COVID-19 do Politécnico de Leiria, instalado no edifício CETEMARES, em Peniche, vai garantir a realização de testes de diagnóstico aos pescadores que exercem a sua atividade nos portos de pesca de Peniche e da Nazaré.

Para o rastreio dos pescadores o Politécnico de Leiria vai ampliar a capacidade para mais 500 testes laboratoriais e para isso assina protocolos de colaboração com o Ministério da Saúde, através da Administração Regional da Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), o Ministério do Mar (DGRM), Município de Peniche, o Município da Nazaré, a Docapesca, a Organização de Produtores da Pesca do Centro, a Cooperativa dos Armadores da Pesca Artesanal, e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Peniche.

O Centro Diagnóstico COVID-19 do Politécnico de Leiria entrou em funcionamento no dia 27 de abril de 2020, e está certificado pelo Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge para a realização de testes à COVID-19. O laboratório possui atualmente meios e recursos para desenvolver e aplicar testes de diagnóstico da doença COVID-19. Os testes são um meio essencial para poder diagnosticar, prevenir, programar e delinear as estratégias de mitigação do contágio da população.

O Centro que funciona com a colaboração de professores e investigadores voluntários do Politécnico de Leiria, está particularmente dedicado na realização de 3.000 testes à COVID-19 aos utentes e trabalhadores das Estruturas Residenciais para Idosos e dos Serviços de Apoio Domiciliário nas Comunidades Intermunicipais da Região de Leiria e Região Oeste e noutros locais que se mostre como necessário, sob coordenação do Instituto da Segurança Social, I.P., através de um protocolo assinado com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. Nas últimas duas semanas foram realizados, aproximadamente, 1.000 testes.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!