Politécnico de Leiria integra projeto internacional para livros inclusivos

Célia Sousa, docente e investigadora do Instituto Politécnico de Leiria, integra projeto internacional para criar livros inclusivos. No Brasil deu formação de desenvolvimento de livros multiformato, no âmbito do projeto SENSeBOOK – Livros multissensoriais.

0
172
Partilhas
Célia Sousa, docente e investigadora do Instituto Politécnico de Leiria
Célia Sousa, docente e investigadora do Instituto Politécnico de Leiria. Foto: DR

O projeto SENSeBOOK envolve a partilha de conhecimentos entre especialistas portugueses e brasileiros, e tem como objetivo contribuir ativamente para a igualdade das pessoas com deficiência, e promoção do desenvolvimento do potencial humano dos estudantes e docentes envolvidos.

O projeto tem vindo a permitir a conceção e o desenvolvimento de uma metodologia para a criação de kits de livros multiformato, de leitura multissensorial com aplicação diversa, através da convergência de saberes de especialistas do Centro de Recursos para a Inclusão Digital do Instituto Politécnico de Leiria (CRID/IPLeiria), do Grupo de Pesquisa em Informática na Educação da Universidade FEEVALE (Novo Hamburgo – Rio Grande do Sul), no Brasil, e do grupo de investigação Inovação, Design e Cultura (i)Material do Centro de Investigação em Território, Arquitetura e Design da Universidade Lusíada.

A Investigadora Célia Sousa esclareceu, citada em comunicado do IPLeiria, que “os novos materiais a desenvolver contemplam um design inclusivo, baseado em tecnologias de informação e comunicação, estratégias de adaptação audiovisual e de comunicação aumentativa”, e acrescentou: “Estes kits de leitura inclusiva permitirão o acesso a todos, com especial relevância para pessoas com cegueira, surdez ou deficiência intelectual.”

O Centro de Recursos para a Inclusão Digital do Instituto Politécnico de Leiria, vai receber, no âmbito do SENSeBOOK, e durante o ano letivo 2017/2018, duas estudantes brasileiras que frequentam os cursos de Psicologia e de Design na Universidade FEEVALE, mas que vão participar no estudo do projeto, e em simultâneo frequentar unidades curriculares na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais, na área da inclusão social.

Paul Maldonado, especialista em desenvolvimento de design de interface centrado no utilizador, design de experiência do utilizador, e design comunicativo da Universidade Lusíada, e Regina Heidrich, responsável pelo projeto SENSeBOOK, docentes da Universidade de FEEVALE, instituição com a qual o Politécnico de Leiria mantêm um protocolo desde 2009, desenvolvem trabalho com foco no desenvolvimento de soluções de comunicação aumentativa e comunicação não-verbal sobre a integração de kits multiformato.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz