Populismo – Um perigo para a Europa?

Dia da Europa vai ser marcado pela presença em Portugal de Cem Özdemir num painel em que o tema é em torno do populismo na Europa. Neste encontro em Lisboa, no Goethe-Institut Lisboa, Cem Özdemir vai ser acompanhado por Fernando Rosas.

0
Populismo – Um perigo para a Europa?
Populismo – Um perigo para a Europa?. Cem-Ozdemir. Foto: Harry Weber, à esquerda, Fernando Rosas. Foto: DR.

No discurso que Cem Özdemir proferiu no parlamento alemão referiu “… como é que alguém que despreza a Alemanha, a nossa pátria comum, sabe determinar quem é alemão e quem não é alemão?” Um discurso virado contra o partido populista AfD (Alternativa para a Alemanha) no passado dia 22 de fevereiro.

O discurso de Cem Özdemir contribuiu para cristalizar o debate sobre o aumento do populismo não só na Alemanha, como em todo o espaço europeu.

A questão que se coloca é que leva um deputado a intervir de forma tão acutilante e emotiva no parlamento alemão? Para analisar as questões do populismo na Europa, Cem Özdemir é o convidado do próximo encontro do ciclo “Quo vadis, Europa?” que tem lugar no dia 9 de maio, Dia da Europa, pelas 19h00, no Goethe-Institut, em Lisboa. O debate é de entrada livre e possui tradução simultânea alemão-português.

Cem Özdemir serviu dois mandatos legislativos consecutivos, de 1994 a 2002. Durante esse tempo, ocupou o cargo de Presidente do Departamento de Assuntos Internos do Grupo Parlamentar ‘Os Verdes’. Entre 2004 e 2009, foi membro do Parlamento Europeu, onde presidiu aos Negócios Estrangeiros pelo seu grupo político ‘Os Verdes’ / ‘Aliança Livre Europeia’ e, entre 2008 e janeiro de 2018, foi presidente do partido ‘Aliança 90’ / ‘Os Verdes’.

Numa altura em o Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, expressou publicamente o receio de que o aumento do populismo leve a um encerramento da Europa sobre si própria, é importante pensar que consequências terá nos países europeus o ressurgimento de partidos populistas que, através de um discurso aparentemente sofisticado, ignoram a herança da história e dos valores europeus para apelar ao nacionalismo e ao ódio.

Neste encontro em Lisboa, Cem Özdemir será acompanhado pelo político, historiador e jornalista Professor Fernando Rosas, que foi deputado à Assembleia da República em 2000 e 2001 e de 2005 a 2010, num painel sobre o ressurgimento dos movimentos populistas e a potencial ameaça que representam para as democracias europeias e para a Europa. A moderação estará a cargo do Diretor da Representação da Fundação Friedrich-Ebert em Portugal, Reinhard Naumann.

O ciclo ‘Quo vadis, Europa?’ aborda os atuais desenvolvimentos sociais, políticos ou económicos na Europa e apresenta pontos de vista sobre temas relevantes para o futuro, oferecendo uma plataforma de discussão luso-alemã.

Os debates destinam-se a promover a troca e o confronto construtivo de pontos de vista de importantes intelectuais de Portugal e dos países de língua alemã no sentido de promover uma melhor compreensão das respetivas perceções e desenvolvimento de perspetivas futuras. Os iniciadores e veiculadores de ‘Quo vadis, Europa?’ são o Goethe-Institut Portugal e a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã, com o apoio da Associação São Bartolomeu dos Alemães em Lisboa

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!