Portugal manifesta preocupação por atraso na nomeação do Governo na Guiné Bissau

Falta de nomeação de um Governo na Guiné Bissau, que reflita os resultados das eleições legislativas, que decorreram no dia 10 de março de 2019, está a preocupar o Governo português, que apela também à realização de eleições presidenciais.

0
Portugal manifesta preocupação por atraso na nomeação do Governo na Guiné Bissau
Portugal manifesta preocupação por atraso na nomeação do Governo na Guiné Bissau. Foto: DR

O Governo português indica, através de comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), “que regista com preocupação o atraso na nomeação de um Governo na Guiné Bissau apesar de estarem reunidas todas as condições exigíveis” no “quadro constitucional daquele país”.

“Os resultados das eleições legislativas do passado dia 10 de março e os acordos interpartidários subsequentes permitiram constituir uma maioria parlamentar e, portanto, garantir a viabilização de um Governo” refere o MNE.

O MNE indica que Portugal encoraja todos os atores políticos da Guiné Bissau “a desencadearem e a contribuírem para a formação, sem mais delongas, de um Governo que reflita a escolha do povo guineense”, e “apela ainda à marcação urgente das próximas eleições presidenciais na Guiné Bissau a realizar em 2019”.

O MNE esclarece que “Governo português reafirma a sua determinação em continuar a trabalhar de forma construtiva com todas as autoridades guineenses e em estreita articulação com os restantes parceiros da comunidade internacional”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!