Prata e bronze em Olimpíadas Ibero-americanas de Biologia

Alunos portugueses conquistam uma medalha de prata e duas de bronze nas X Olimpíadas Ibero-americanas de Biologia que se realizaram no Brasil, de 12 a 17 de setembro.

0
11
Partilhas
Prata e bronze nas Olimpíadas Ibero-americanas de Biologia
Prata e bronze nas Olimpíadas Ibero-americanas de Biologia

Nas Olimpíadas Ibero-americanas de Biologia, em Brasília, no Brasil, alunos portugueses conseguiram a melhor prestação de sempre ao conquistar uma medalha de prata, duas de bronze e um diploma de mérito.

Maria Soares Portela, medalha de prata, é aluna da Escola Secundária Carlos Amarante, em Braga. Eduardo Tavares, da Escola Básica e Secundária de Ermesinde, e Filipa Osório, da Escola Secundária São Pedro, de Vila Real, conquistaram medalhas de bronze. Ricardo Lage, da Escola Secundária E.B. 2/3 D. Filipa de Lencastre, em Lisboa, conseguiu um diploma de mérito.

Nas dez edições das Olimpíadas Ibero-americanas de Biologia, Portugal participou pela sétima vez. Nestas olimpíadas, que decorreram no Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília, estiveram representados 12 países – Argentina, Brasil, Bolívia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, México, Perú e Portugal.

Nota do Ministério da Educação (ME) endossa os parabéns aos alunos e a todos os que contribuíram para o sucesso da participação portuguesa. O ME saúda “também a Ordem dos Biólogos, organizadora das olimpíadas nacionais e responsável por esta participação, em colaboração com a Agência Nacional Ciência Viva”.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz