Prevenir doença coronária no período de férias

“A saúde do coração não tira férias” é o mote da campanha promovida pela Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular, para chamar a atenção que um estilo de vida saudável previne doença coronária.

0
Prevenir doença coronária no período de férias
Prevenir doença coronária no período de férias. Foto: © Rosa Pinto

A doença coronária carateriza-se pela acumulação de depósitos de gordura no interior das artérias que fornecem sangue ao coração. Esses depósitos causam um estreitamento ou obstrução das artérias o que provoca uma diminuição dos níveis de oxigénio e nutrientes que chegam às células do músculo cardíaco. As principais doenças coronárias são a angina de peito e o enfarte agudo do miocárdio.

Uma campanha de consciencialização com o mote “A saúde do coração não tira férias” está a ser promovida pela Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC). A campanha tem como objetivo alertar para a importância de manter um estilo de vida saudável também no período de férias, como forma de prevenção da doença coronária.

“Hipertensão, dislipidemia, colesterol, diabetes, tabagismo, consumo de álcool em excesso, stress e sedentarismo, que leva ao excesso de peso e a alterações metabólicas, são alguns dos fatores de risco para a doença coronária” referiu João Brum Silveira, presidente da APIC.

O especialista acrescentou: “É importante consciencializar a população de que deve adotar um estilo de vida saudável como forma de prevenção”, ou seja, “mesmo em tempo de férias, é preciso manter os cuidados regulares com o coração: pratique exercício físico, mesmo que apenas 10 minutos por dia; evite o álcool; não fume; e controle a alimentação, optando por não consumir em excesso alimentos ricos em açúcar e gordura. Lembre-se que a Saúde do Coração não tira férias”.

A APIC é uma entidade sem fins lucrativos que tem por finalidade o estudo, investigação e promoção de atividades científicas no âmbito dos aspetos médicos, cirúrgicos, tecnológicos e organizacionais da Intervenção Cardiovascular.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!