Projeto Turismo 4.0 é finalista dos prémios inovação da OMT

Portugal está entre os finalistas dos prémios inovação da Organização Mundial de Turismo (OMT) pelo projeto Turismo 4.0. Um projeto constituído por diversas iniciativas de apoio às startups na área do Turismo.

0
1
Partilhas
Projeto Turismo 4.0 é finalista dos prémios inovação da OMT
Projeto Turismo 4.0 é finalista dos prémios inovação da OMT. Foto: Rosa Pinto

Projeto Turismo 4.0 está entre os finalistas aos Prémios de Inovação em Investigação e Tecnologia da Organização Mundial de Turismo (OMT). O Turismo 4.0 tem por objetivo apoiar startups nas áreas de viagens e Turismo, e desta forma fomentar o empreendedorismo e o ecossistema de inovação em Portugal, indica a Secretaria de Estado do Turismo, em comunicado.

O Turismo 4.0 inclui uma série de iniciativas, “com destaque para a formação em empreendedorismo na rede de escolas de hotelaria e turismo (Tourism Creative Factory), programas de aceleração suportados em conhecimento e dados abertos, linhas de financiamento dedicadas ao empreendedorismo e novos negócios no turismo, como sejam a linha da Qualificação da Oferta e Capital de Risco – Programa ‘+Património +Turismo’”.

O projeto Turismo 4.0 inclui também “a criação de uma rede nacional de incubadoras de turismo, numa parceria entre o Turismo de Portugal e 27 incubadoras nacionais, criando melhores condições para incubação de startups e novos negócios de turismo”.

O projeto inclui ainda “programas de incubação e aceleração para startups e novas empresas ligadas ao turismo, com acesso a apoio especializado, aconselhamento em termos de instrumentos de financiamento e apoio à internacionalização”.

A Secretária de Estado do Turismo lembra que “está a decorrer o prazo de candidaturas ao Programa de Apoio à Participação em feiras internacionais de turismo destinado a promover o acesso das startups aos mercados externos”.

Ao longo de 2016 o Turismo 4.0 já levou 20 startups portuguesas a várias feiras internacionais, indo agora selecionar as empresas que estarão presentes nas feiras a realizar na Holanda, Madrid, Berlim, Dubai e Alemanha ao longo do primeiro semestre de 2017.

O Turismo de Portugal irá apoiar a participação de quatro startups em cada um destes eventos. No próximo ano prevê-se que cerca de meia centena de startups venham a participar em feiras internacionais de turismo.

A Secretária de Estado do Turismo refere, em comunicado, que “um sinal da dinâmica e da inovação no turismo é o aparecimento de mais de 3000 agentes de animação turística nos últimos 10 anos. Em 2015 foram criadas cerca de 660 novas empresas de animação, enquanto nos primeiros dez meses deste ano foram registadas 1.250”.

Em 2009 Portugal foi distinguido com o 1.º Prémio Ulysses Awards for Innovation in Tourism Governance, tendo sido premiado o trabalho de desburocratização e simplificação administrativa levado a cabo pelo Turismo de Portugal, pelo que não é a primeira vez que a OMT reconhece a capacidade de inovação portuguesa.

Os vencedores dos Prémios Inovação de 2017 serão conhecidos a 18 de Janeiro de 2017 no decorrer da Fitur, em Madrid.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz