Rodrigo Carvalho, aluno da EPTOLIVA, premiado em Mostra de Ciência no Brasil

Rodrigo Carvalho, aluno da EPTOLIVA, conquista prémio na maior Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia da América Latina. O projeto consiste num gin obtido a partir do soro de leite de ovelha, um desperdício resultante da produção do queijo DOP Serra da Estrela.

0
Rodrigo Carvalho, aluno da EPTOLIVA, premiado em Mostra de Ciência no Brasil
Rodrigo Carvalho, aluno da EPTOLIVA, premiado em Mostra de Ciência no Brasil. Foto: DR

Aluno da EPTOLIVA, de Oliveira do Hospital, Rodrigo Carvalho representou Portugal na MOSTRATEC, a maior feira de ciência e tecnologia da América Latina e a segunda maior a nível Mundial. O jovem português com o apoio da Fundação da Juventude levou ao Novo Hamburgo, no Brasil, o projeto “BEMBIBER: Requalificação dos Subprodutos das Queijarias“.

Na MOSTRATEC, promovida pela Fundação Liberato, que decorreu de 22 a 25 de outubro, participaram jovens cientistas com 755 projetos, de 21 países, tendo o projeto de Rodrigo Carvalho obtido o segundo lugar na categoria de projetos internacionais e o terceiro lugar na categoria geral da MOSTRATEC.

O projeto “BEMBIBER” desenvolvido por Rodrigo Carvalho, e que teve a orientação da professora Honorata Pereira, consiste num gin obtido a partir do soro de leite de ovelha, um desperdício resultante da produção do queijo DOP Serra da Estrela.

O projeto foi vencedor da edição de 2019 do Concurso Nacional Jovens Cientistas, um programa que a Fundação da Juventude promove anualmente para incentivar a investigação científica dos jovens.

Rodrigo Carvalho explicou: “O soro de leite de ovelha não tem qualquer valor no mercado, acabando por ser libertado como efluente em cursos de água, provocando a poluição e a contaminação das águas. Todos os subprodutos resultantes da produção do gin foram reaproveitados e transformados em produtos com valor económico, como sejam a manteiga e o sal com aroma a queijo”.

Carla Mouro, Presidente Executiva da Fundação da Juventude, que chefiou a delegação portuguesa na MOSTRATEC referiu: “Sinto-me muito orgulhosa com estes prémios a nível internacional, são o reconhecimento do excelente trabalho realizados nas escolas em Portugal, ao nível do ensino secundário e profissional, e confirmam a qualidade dos trabalhos premiados na Mostra Nacional de Ciência”

Mostra Nacional de Ciência: Uma das maiores a nível Europeu

A Mostra Nacional de Ciência, que assinalou este ano a sua 13ª edição, é já considerada uma das maiores a nível Europeu. É a partir deste encontro de ciência que a própria Fundação da Juventude, enquanto promotora do Concurso de Jovens Cientistas e da Mostra Nacional de Ciência, seleciona os projetos destinados a representar Portugal em competições europeias e internacionais de ciência, como sejam a Final Europeia, a ISEF, a MOSTRATEC – Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia ou a Expo-Sciences International.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!