Tuberculose primeira causa de morte entre doenças infeciosas

Tuberculose não pode ser esquecida pois é a primeira causa de morte entre as doenças infeciosas. Para assinalar o Dia Mundial da Tuberculose, 24 de março, a Janssen lança campanha virada para a necessidade de mais investigação sobre a doença.

0
Tuberculose primeira causa de morte entre doenças infeciosas
Tuberculose primeira causa de morte entre doenças infeciosas

É preciso continuar a falar da Tuberculose sobre a necessidade de prevenção, do diagnóstico, tratamento e ainda da investigação, tendo em conta que a tuberculose é a primeira causa de morte entre as doenças infeciosas.

O alerta e apelo é lançado também pela Janssen, farmacêutica do grupo Johnson & Johnson, que para assinalar o Dia Mundial da Tuberculose, a 24 de março, lança a campanha com o mote: “Há quem continue a trabalhar para dar um desfecho feliz a esta história e colocar-lhe um ponto final.”

A iniciativa da companhia farmacêutica envolve a divulgação de um vídeo animado sobre a evolução da doença ao longo dos tempos: “Tuberculose, uma história por acabar”.

O vídeo da campanha explica a história da tuberculose desde os tempos do antigo Egito até aos dias atuais, passando pela evolução das formas de tratamento ou de personalidades que dedicaram a sua vida a lutar contra esta doença. Um vídeo que pretende ser “uma chamada de atenção para a necessidade da sociedade não se esquecer que esta doença ainda existe e é um problema de saúde pública.”

A participação de Raquel Duarte, de Fernando Maltez e de Jaime Nina, clínicos especialistas e com larga experiencia, deram o seu testemunho e partilharam a sua visão acerca da realidade da Tuberculose em Portugal, que pode ser resumida na necessidade de “continuar a trabalhar no desenvolvimento de novos métodos de prevenção e diagnóstico mais céleres e que a investigação não pare, desenvolvendo terapêuticas cada vez mais eficazes.”

A tuberculose afeta cerca de dez milhões de pessoas no mundo e mata um milhão e setecentos por ano, o que faz desta doença a primeira causa de morte infeciosa no mundo. Cerca de 95% das mortes ocorrem em países em desenvolvimento.

Em Portugal, em 2016 registaram-se 1.699 novos casos de tuberculose e 19 de tuberculose multirresistente, que correspondem a 1% do total de casos de tuberculose. A incidência foi de 18% por cada 100 mil habitantes. A percentagem de casos nas mulheres foi de 35% e nos homens de 65%.

Relatório da Direção-Geral da Saúde indica que, em 2016, 240 dos casos de tuberculose, ou seja, 18,4% dos casos ocorreram em pessoas nascidas fora do país. Um proporção que tem vindo na aumentar nos últimos anos. O relatório indica que estima-se que a taxa de incidência de Tuberculose na população estrangeira, em 2016, seja de 86,7% por 100 mil habitantes, ou seja, 4,8 vezes superior à incidência nacional estimada.

A Tuberculose é uma infeção causada por Mycobacterium tuberculosis, também conhecido como Bacilo de Koch. A Tuberculose afeta com mais frequência os pulmões, desenvolvendo a designada tuberculose pulmonar, mas possa afetar qualquer parte do corpo, incluindo rins, cérebro ou ossos, designada tuberculose extrapulmonar. Atualmente, a tuberculose tem cura, quando tratada com medicamentos apropriados, e de forma correta, mas mais importante é que pode ser prevenida.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!