Turismo: Número de hóspedes estrangeiros cresce 21,2% na hotelaria

Em novembro, dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE), referidos pelo Ministério da Economia, indicam que o número de hóspedes estrangeiros na hotelaria cresceu 21,2% e as dormidas de estrangeiros cresceram 19,5%.

0
7
Partilhas
Turismo: Número de hóspedes estrangeiros cresce 21,2% na hotelaria
Turismo: Número de hóspedes estrangeiros cresce 21,2% na hotelaria. Foto: © DR

Portugal ultrapassou, em novembro, a barreira das 51 milhões de dormidas e atingiu os 18 milhões de hóspedes. Pelo que em onze meses, o número de dormidas já ultrapassou em mais de 4,4 milhões o resultado obtido no mesmo período de 2015.

Entre janeiro e novembro de 2016 os proveitos hoteleiros chegaram aos 2,8 mil milhões de euros, representando um crescimento de 17,1%, face ao período homólogo, ou seja, mais 400 milhões de euros.

Os dados hoje divulgados pelo INE confirmam que o período fora da época alta tem tido uma grande importância nos resultados positivos da atividade turística, com um crescimento de 63% de dormidas verificadas até novembro.

Os resultados alcançados tiveram um contributo vindo da diversificação dos mercados emissores, com o Brasil a crescer 94,7% no mês de novembro, seguido da Irlanda com mais 35,6%, dos EUA com mais 29,5%, da Polónia a subir mais 25,2% e da Holanda com mais 24,4%.

A atividade turística cresceu em todo o país, com destaque para os Açores com mais 25%, Algarve com mais 19,5%, Lisboa a subir 15,6% e Norte também a crescer mais 15,2%.

Ana Mendes Godinho, Secretária de Estado do Turismo, citada em comunicado, refere que os números hoje divulgados “refletem as opções tomadas pelo Governo desde o início de 2016, nomeadamente na captação de novas rotas aéreas e operações turísticas, apoiadas num aumento da atratividade do destino Portugal ao longo de todo o ano”.

“Estamos a apostar numa qualificação da oferta nacional, através da diversificação do produto turístico, da captação de eventos e da dinamização da animação turística, criando vida nos destinos regionais para além da época alta”, referiu também a Secretária de Estado.

Ana Mendes Godinho indicou ainda que em 2017 vai ser mantida a aposta “num Portugal turístico ao longo de todo o ano, e em todas as regiões, a par de um aumento da qualificação e valorização das pessoas que trabalham no turismo”, dado que é um “fator determinante para garantir um destino turístico nacional qualificado e inovador”.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz