União Europeia mantém sanções por violação da integridade territorial da Ucrânia

Conselho Europeu prorroga sansões contra 175 pessoas e 44 entidades por considerar continuarem a comprometer ou a ameaçar a integridade territorial, a soberania e a independência da Ucrânia.

0
União Europeia mantém sanções por violação da integridade territorial da Ucrânia
União Europeia mantém sanções por violação da integridade territorial da Ucrânia. Foto: Rosa Pinto

O Conselho Europeu decidiu hoje prorrogar por mais seis meses, até 15 de março de 2021, as sanções contra pessoas e entidades que continuem a comprometer ou a ameaçar a integridade territorial, a soberania e a independência da Ucrânia.

As medidas restritivas em vigor foram introduzidas pela primeira vez em 17 de março de 2014 e preveem tanto restrições de viagem como o congelamento de bens e continuarão a aplicar-se a 175 pessoas e 44 entidades.

Estão também em vigor outras medidas da União Europeia em resposta à crise na Ucrânia, que incluem sanções económicas contra setores específicos da economia russa, em vigor até 31 de janeiro de 2021, e medidas restritivas em resposta à anexação ilegal da Crimeia e de Sebastopol, limitadas ao território da Crimeia e de Sebastopol, em vigor até 23 de junho de 2021.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!