Universidade do Minho lidera pedidos de patentes em Portugal

Barómetro Inventa - Patentes Made in Portugal 2020 mostra que a Universidade do Minho é a entidade portuguesa com maior número de pedidos de patentes, com 44 pedidos, em 2019.

0
Universidade do Minho lidera pedidos de patentes em Portugal
Universidade do Minho lidera pedidos de patentes em Portugal. Foto: DR

A Universidade do Minho (UMinho) é a entidade portuguesa com mais pedidos de patentes, indicam dados do “Barómetro Inventa – Patentes Made in Portugal 2020”. Esta posição reforça o papel da UMinho como um dos principais motores de inovação do país e a forte ligação ao tecido económico-social.

O Barómetro Inventa elaborado pela consultora Inventa International apresenta a UMinho, com 44 pedidos de “famílias de patentes” em 2019, seguindo-se a Universidade do Porto com 32 pedidos e a Novadelta com 28 pedidos.

A lista agrega os registos que deram entrada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), no Instituto Europeu de Patentes, na Organização Mundial da Propriedade Intelectual, no Instituto Norte-Americano de Marcas e Patentes e no Instituto Chinês de Patentes.

As 20 entidades com mais pedidos no “Barómetro Inventa” inclui 11 instituições de ensino superior, o que evidencia a importância destas na inovação nacional. Este documento revela ainda que, no ano passado, o Instituto Europeu de Patentes registou 272 pedidos portugueses de patente, mais 23% face a 2018, sendo 46% oriundos da região Norte.

A liderança da UMinho é corroborada pelo Relatório Estatístico Anual de 2019 do INPI, publicado em abril de 2020, que coloca esta academia no topo das instituições de ensino superior de Portugal com o maior número de pedidos de patentes.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!