Vacinas COVID-19: Comissão Europeia assina contrato com AstraZeneca

Comissão Europeia garante fornecimento de vacinas contra a COVID-19 aos Estados-Membros, através de contrato com a farmacêutica AstraZeneca. O contrato é válido se a vacina, que está em Ensaios Clínicos de Fase II / III, mostrar ser eficaz e segura.

0
Vacinas COVID-19: Comissão Europeia assina contrato com AstraZeneca
Vacinas COVID-19: Comissão Europeia assina contrato com AstraZeneca

A Comissão Europeia assina contrato com a farmacêutica AstraZeneca para fornecimento de uma vacina contra a COVID-19 para todos os Estados-Membros da União Europeia bem como para doação para países de médio e baixo rendimento ou o reencaminhamento para outros países europeus.

Através do contrato, todos os Estados Membros poderão adquirir 300 milhões de doses da vacina AstraZeneca, com opção de mais 100 milhões de doses, a serem distribuídas em base num rateio populacional.

A Comissão Europeia indicou que continua a discutir acordos semelhantes com outros fabricantes de vacinas e que concluiu com êxito negociações exploratórias com a Sanofi-GSK em 31 de julho, a Johnson & Johnson em 13 de agosto, a CureVac em 18 de agosto e a Moderna em 24 de agosto.

Ursula von der Leyen, Presidente da Comissão Europeia, referiu: “A Comissão está a trabalhar incessantemente para fornecer aos cidadãos da UE uma vacina segura e eficaz contra COVID-19 o mais rapidamente possível. A entrada em vigor do contrato com a AstraZeneca é um passo importante neste sentido. Estou ansioso para enriquecer nosso portfólio de vacinas potenciais, graças a contratos com outras empresas farmacêuticas e ao envolvimento com parceiros internacionais para o acesso universal e equitativo à vacinação. ”

Stella Kyriakides, Comissária para a Saúde e Segurança Alimentar, referiu: “As nossas negociações produziram agora resultados claros: um primeiro contrato assinado cumprindo o nosso compromisso de garantir um portfólio diversificado de vacinas para proteger a saúde pública dos nossos cidadãos. A assinatura de hoje – possibilitada pelo importante trabalho de base realizado pela França, Alemanha, Itália e Holanda – garantirá que as doses de uma vacina que, se comprovada como eficaz e segura, serão distribuídas em todos os Estados Membros. Esperamos anunciar acordos adicionais com outros fabricantes de vacinas muito rapidamente. “

A AstraZeneca e a Universidade de Oxford uniram forças para desenvolver e distribuir a vacina potencial de adenovírus recombinante da Universidade com o objetivo de prevenir a infecção por COVID-19.

A vacina candidata da AstraZeneca já está em Ensaios Clínicos de Fase II / III em larga escala após resultados promissores na Fase I / II em relação à segurança e imunogenicidade.

Os requisitos de segurança necessários e a avaliação específica por parte da Agência Europeia de Medicamentos no âmbito do procedimento de autorização de introdução no mercado da UE garantem que os direitos dos cidadãos permanecerão totalmente protegidos.

A fim de compensar esses elevados riscos assumidos pelos fabricantes, os Acordos de Compra Antecipada preveem que os Estados-Membros indenizem o fabricante por responsabilidades incorridas sob certas condições. A responsabilidade ainda permanece com as empresas.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!