Projetos inovadores portugueses ganham apoio financeiro da CE

As empresas portuguesas Aveleda, GrowindFormula e CoolFarm, vão ser financiadas em 50 mil euros pela Comissão Europeia (CE), no âmbito do Programa Horizonte 2020, depois de verem os seus projetos aprovados na fase 1 do Instrumento PME.

0
Carlos Moedas, Comissário Europeu
Carlos Moedas, Comissário Europeu, Foto: Lieven Creemers, © CE

Foram selecionadas 189 pequenas e médias empresas (PME) de 26 países, num total de 1995 propostas candidatas, recebidas pela CE. O financiamento vai servir para suportar estudos de viabilidade dos novos produtos que revolucionem o mercado. As empresas podem também beneficiar até três dias de orientação empresarial gratuita.

Com a aprovação este ano de mais 3 PME portuguesas, Portugal demonstra algum dinamismo em inovação, refere Carlos Moedas, Comissário para a Investigação, Ciência e Inovação, afirmando que “com estes resultados, são agora 30 as empresas portuguesas a beneficiarem deste instrumento específico para as PME ao abrigo do Horizonte 2020, o que demonstra a capacidade inovadora do tecido empresarial português”.

A empresa Aveleda, de Penafiel, vai produzir um vinho frutado inovador com baixo teor alcoólico, a GrowingFormula, de Cantanhede, uma startup na área da biotecnologia que detém uma tecnologia que permite a multiplicação de células estaminais, o que permitirá o aumento do sucesso dos transplantes que visam o tratamento do cancro, e a CoolFarm, de Coimbra, detentora de uma tecnologia inteligente e flexível que permitirá controlar, de forma precisa, variáveis ambientais numa estufa artificial, e assim desenvolver um crescimento saudável, eficiente e efetivo das culturas.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!