Tag: Doenças cardiovasculares

Medicamento para hipertensão pode diminuir gravidade da COVID-19

Medicamento para hipertensão pode diminuir gravidade da COVID-19

Medicamentos para a hipertensão, como o Ramipril, são amplamente utilizados para várias condições cardiovasculares. Uma equipa de investigadores estuda, em que medida, estes inibidores de ACE reduzem a doença pelo novo coronavírus.
Rui Osório Valente, internista, Núcleo de Estudos de Prevenção e Risco Vascular da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna

Doença cardiovascular: levante-se e ande, pela sua saúde

Diminuir a atual maior causa de morte é possível! Para diminuir os riscos de doenças cardiovasculares, Rui Osório Valente, médico internista, indica, neste seu artigo, mudanças simples de comportamento para o conseguir.
Doença cardiovascular é a comorbilidade com maior risco de mortalidade por COVID-19

Doença cardiovascular é a comorbilidade com maior risco de mortalidade por COVID-19

Resultados de estudo de investigadores de Coimbra indicam que a percentagem de casos severos a necessitar de ventilação possa ser muito alta e que a doença cardiovascular acarreta maior risco de mortalidade, seguida da diabetes.
rancisco Araújo, Coordenador do Núcleo de Prevenção e Risco vascular da SMI

Doenças cardiovasculares: um tema de todos e para todos

Em Portugal as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte, e têm custos “astronómicos”. O médico Francisco Araújo assinala o Dia Nacional do Doente Coronário abordando, neste seu artigo, o tema que refere ser de todos e para todos.
Consumo de um ovo por dia não prejudica a saúde do coração

Consumo de um ovo por dia não prejudica a saúde do coração

Consumo moderado de ovos não aumenta o risco de doença cardiovascular ou mortalidade, mesmo quando uma pessoa sofre de doença cardiovascular ou diabetes, conclui estudo de investigação.
Cardiologistas de Intervenção aconselham neste Natal dar presente ao coração

Cardiologistas de Intervenção aconselham neste Natal dar presente ao coração

“Este natal dê um presente ao seu coração”. Esta é uma iniciativa da Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular que alerta e apela para escolhas saudáveis e cuidados a ter com o coração, na época natalícia.
Risco de doenças cardíacas em pessoas idosas diminui com atividade física

Risco de doenças cardíacas em pessoas idosas diminui com atividade física

Estudo de investigação de grande escala concluiu que o aumento de atividade física em pessoas com 60 ou mais anos diminui o risco de doenças cardíacas. O exercício físico moderado e vigoroso também é aconselhado para doentes crónicos.
Marcos Mesquita, Médico de Medicina Geral e Familiar

Deixar de fumar é difícil, mas não impossível!

O consumo de tabaco é um dos maiores fatores de risco diretos de doenças que levam à morte. Marco Mesquita, médico Medicina Geral e Familiar, indica, neste seu artigo, alguns dos benefícios de deixar de fumar, assinalando o dia do ex. fumador a 26 de setembro.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS