Tag: Doenças cardiovasculares

Carotenoides diminuem risco de doenças cardiometabólicas

Carotenoides diminuem risco de doenças cardiometabólicas

Aumentam evidências que uma dieta com carotenoides diminui o risco de se desenvolver doenças cardiometabólicas, que são uma das principais causas de morte. Investigadores da EUROCAROTEN expandem a investigação em carotenoides.
Pedro von Hafe, Assistente Graduado de Medicina Interna, Departamento de Medicina, Hospital São João, Porto

Exercício físico e saúde

É uma evidência científica que as pessoas que têm atividade física regular apresentam um menor risco de desenvolver ou morrer de doença cardiovascular. O médico Pedro von Hafe mostra, neste seu artigo, que o exercício físico favorece a longevidade.
Bebida de cacau protege sistema cardiovascular no momento de stress

Bebida de cacau protege sistema cardiovascular no momento de stress

Eventos cardiovasculares, como hemorragias, doenças cardíacas e tromboses, induzidos por stress podem ser diminuídos com consumo de bebida de cacau rica em flavonoides. Investigação mostra os efeitos dos flavonoides na função vascular.
Sumo de beterraba promove envelhecimento saudável

Sumo de beterraba promove envelhecimento saudável

Sumo de beterraba melhora saúde vascular e funções cerebrais em pessoas mais velhas. Estudo de investigação mostra que o sumo de beterraba promove um envelhecimento saudável.
Suplemento de óleo de peixe não é benéfico para todos

Suplemento de óleo de peixe não é benéfico para todos

Consumo de suplementos de óleo de peixe só é benéfico para pessoas com uma composição genética específica. Investigação mostra que noutras situações pode ser prejudicial. A prevenção de doenças cardiovasculares continua por provar.
Enfarte agudo do miocárdio nas mulheres: fatores de risco

Enfarte agudo do miocárdio nas mulheres: fatores de risco

“O enfarte também é feminino”. Este é o tema de uma campanha de consciencialização lançada pela Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular para alertar as mulheres para os riscos de desenvolver a doença, nomeadamente devido ao estilo de vida contemporâneo.
COVID-19 deixa sequelas neurológicas e cardiovasculares

COVID-19 deixa sequelas neurológicas e cardiovasculares

COVID-19 pode deixar sequelas no sistema nervoso central, como no sistema cardiovascular, conclui estudo de cientista português e médico brasileiro. Efeitos nos neurónios sensoriais primários e riscos de insuficiência cardíaca e infarto e AVC são algumas das sequelas.
Produtos de farinhas refinadas aumentam o risco de ataque cardíaco e morte

Produtos de farinhas refinadas aumentam o risco de ataque cardíaco e morte

Estudo de investigação mostrou que o consumo de produtos de grãos refinados, como croissants e pão branco, aumenta o risco de doença cardiovascular grave, acidente vascular e de morte.
Medicamento ivabradina pode tratar consequências da COVID-19 de longo prazo

Medicamento ivabradina pode tratar consequências da COVID-19 de longo prazo

Ensaio clínico da Universidade da Califórnia em San Diego mostrou que a ivabradina, usada para a insuficiência cardíaca, pode ser eficaz no tratamento da síndrome de taquicardia ortostática postural e em consequências da COVID-19 de longo prazo.
Cardiologistas alertam para o tratamento do enfarte agudo do miocárdio

Cardiologistas alertam para o tratamento do enfarte agudo do miocárdio

No dia em que assinala o Dia Nacional do Doente Coronário a Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular alerta que os tratamentos para o enfarte agudo do miocárdio devem continuar. A via verde coronária e os laboratórios de hemodinâmica continuam a trabalhar.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS