Agostinho Carvalho, cientista da UMinho, ganha bolsa de um milhão de euros

Cientista da Universidade do Minho, Agostinho Carvalho, ganha bolsa de um milhão de euros para investigar no âmbito da doença pulmonar obstrutiva crónica. A bolsa é suportada pela Fundação “la Caixa” e Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

0
Agostinho Carvalho, cientista da UMinho, ganha bolsa de um milhão de euros
Agostinho Carvalho, cientista da UMinho, ganha bolsa de um milhão de euros. Foto: DR

Agostinho Carvalho, do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS) da Escola de Medicina da Universidade do Minho (UMinho), ganhou uma bolsa de um milhão de euros, para o desenvolvimento de um projeto de investigação que “pretende identificar novos biomarcadores que mostrem a suscetibilidade das pessoas com doença pulmonar obstrutiva crónica para desenvolverem uma reação alérgica ao fungo Aspergillus”. Um fungo “que existe no ar que respiramos.”

A bolsa foi atribuída a Agostinho Carvalho no âmbito do primeiro concurso da “Iniciativa Ibérica de Investigação e Inovação Biomédica, i4b”, promovido pela Fundação “la Caixa” a pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e destinado a projetos de excelência no campo da saúde de investigadores portugueses e espanhóis.

Com o projeto, o cientista procura “melhorar a prevenção, identificação e tratamento” da doença pulmonar obstrutiva crónica “através de estratégias de medicina de precisão, ao mesmo tempo que pretende recuperar a qualidade de vida dos doentes.”

A equipa liderada por Agostinho Carvalho vai agora “desenvolver abordagens de medicina de precisão em que determinado teste de diagnóstico ou terapia pode ser aplicado ao perfil de cada pessoa.”

O cientista lembrou, citado pela UMinho, que “a aspergilose pulmonar crónica apresenta uma mortalidade elevada devido à inexistência de terapias antifúngicas adequadas. Afeta milhares de doentes com doença pulmonar obstrutiva crónica todos os anos em Portugal e mais de 250 milhões em todo o mundo.”

Agostinho Carvalho, cientista da UMinho, ganha bolsa de um milhão de euros
Agostinho Carvalho, cientista da UMinho, ganha bolsa de um milhão de euros. Foto: DR

O concurso promovido pela Fundação “la Caixa” e pela FCT recebeu 785 candidaturas. Agostinho Carvalho é um dos vinte investigadores que ganharam bolsa, e um entre os oito em Portugal que no total recebem cinco milhões de euros. O projeto de Agostinho Carvalho foi distinguido com o financiamento máximo disponibilizado neste concurso por projeto por este “ter um caráter transdisciplinar.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!