Aliança África-Europa promove investimento em energia sustentável em África

Plataforma criada no âmbito da Aliança África-Europa reúne intervenientes públicos e privados do setor da energia sustentável da Europa e de África. O objetivo é atrair e impulsionar investimentos privados responsáveis e sustentáveis em África.

0
Aliança África-Europa promove investimento em energia sustentável em África
Aliança África-Europa promove investimento em energia sustentável em África. Elżbieta Bieńkowska, comissária responsável pelo Mercado Interno, Indústria, Empreendedorismo e PME, em Joanesburgo. Foto: EU/ Wikus de Wet

A União Europeia e a União Africana, no dia 8 de novembro, durante Fórum de Investimento em África organizado pelo Banco Africano de Desenvolvimento, em Joanesburgo, na África do Sul, lançaram uma plataforma para o investimento em energia sustentável em África.

Uma Aliança África-Europa para investimentos e empregos sustentáveis tinha sido anunciada Presidente Jean-Claude Juncker, no discurso sobre o Estado da União. Esta nova Aliança é “destinada a impulsionar substancialmente o investimento em África, reforçar o comércio, criar emprego e investir na educação e na aquisição de competências”, e no âmbito desta Aliança, é criada uma plataforma “para promover os investimentos estratégicos e reforçar o papel do setor privado.”

Elżbieta Bieńkowska, comissária responsável pelo Mercado Interno, Indústria, Empreendedorismo e PME, referiu, em Joanesburgo, que a plataforma de alto nível vai permitir que “peritos dos setores público, privado, académico e financeiro possam debater em conjunto os desafios e os obstáculos ao investimento sustentável neste domínio e ajudar a ultrapassá-los.”

A plataforma reúne operadores públicos, privados e financeiros e o meio académico de África e da Europa, que vão poder analisar “os desafios e os interesses estratégicos suscetíveis de acelerar o impacto, em especial em termos de crescimento sustentável e de emprego.”

A Comissão Europeia esclareceu ainda que “a plataforma de alto nível tem como objetivo atrair e impulsionar investimentos privados responsáveis e sustentáveis com vista ao desenvolvimento da energia sustentável em África.”

O anúncio da plataforma envolveu três vertentes de trabalho:

Identificação de investimentos em energia com elevado impacto no crescimento e na criação de emprego;

Análise dos riscos do investimento em energia e a apresentação de orientações políticas para a criação de um ambiente empresarial e de investimento sustentável;

Reforço dos intercâmbios entre o setor privado africano e europeu.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!