Ataque brutal em Machester faz 22 mortos e dezenas de feridos

Jean-Claude Juncker classifica como ‘brutal’ o ataque que ocorreu ontem, às 22h30, junto à Arena de Manchester, no Reino Unido, no final de um concerto de Ariana Grande, provocando, até agora, 22 mortos e mais de 60 feridos. Entre os mortos encontram-se crianças.

0
1
Partilhas
Jean-Claude Juncker, Presidente da Comissão Europeia
Jean-Claude Juncker, Presidente da Comissão Europeia. Foto: © União Europeia/Etienne Ansotte

Jean-Claude Juncker, Presidente da Comissão Europeia, em declaração afirmou: “Foi com grande tristeza e profundo choque que tomei conhecimento to ataque brutal em Manchester. É com o coração destroçado que vejo, mais uma vez, o terrorismo a tentar promover o medo onde devia haver alegria, a semear a separação onde jovens e famílias estavam reunidos para celebrar.”

O Presidente da Comissão Europeia apresentou as condolências referindo: “Gostaria de transmitir os meus profundos sentimentos à Primeira-Ministra Theresa May e a todo o povo britânico.”

“Hoje, estamos de luto convosco. Amanhã, trabalharemos lado a lado na luta contra aqueles que procuram destruir o nosso modo de vida. Subestimam-nos e à nossa resiliência – estes ataques cobardes apenas reforçam a nossa determinação em trabalhar juntos para derrotar os responsáveis destes atos ignóbeis”, conclui Jean-Claude Juncker.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz