Carlos Moedas faz Roteiro da Ciência no Minho

Carlos Moedas, Comissário europeu responsável pela Investigação, Ciência e Inovação, vai visitar empresas, centros de investigação e escolas superiores, no Minho de 19 a 20 de dezembro, na terceira etapa do Roteiro da Ciência.

0
4
Partilhas
Carlos Moedas, Comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação
Carlos Moedas, Comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação. Foto: ©UE/Jennifer Jacquemart

O Comissário Europeu Carlos Moedas é acompanhado nesta etapa do Roteiro da Ciência, no Minho, por Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, pelos Eurodeputados José Manuel Fernandes e Nuno Melo, por António M. Cunha, Reitor da Universidade do Minho, por Sofia Alves, representante da Comissão Europeia em Portugal, e por vários autarcas minhotos.

Nesta terceira etapa do Roteiro da Ciência, o Comissário vai estar em instituições em Vila Nova de Famalicão, Guimarães e Braga. Uma iniciativa que permite ao Comissário explicar as ações da Comissão Europeia na promoção da Investigação, Ciência e Inovação, nomeadamente através dos instrumentos europeus em vigor, ou seja, o Horizonte 2020, o Plano de Investimento Juncker e os Fundos Estruturais.

O Roteiro da Ciência é também uma forma para o Comissário conhecer a realidade das empresas e instituições de investigação quer públicas como privadas, e ouvir investigadores, empresários, responsáveis universitários e autarcas, bem como inteirar-se dos diversos projetos em curso, dos produtos inovadores em desenvolvimento, promovendo desta forma um contato entre as instituições locais, regionais, nacionais e europeias.

De acordo com o comunicado da Comissão Europeia, “Carlos Moedas visita os centros de investigação, empresas e estabelecimentos de ensino superior que se destacam pela capacidade de inovação e de produção de conhecimento”.

Uma das empresas a visitar é a Bosch Car Multimedia dado que se trata de “um dos exemplos no desenvolvimento de novas tecnologias e aplicabilidade das mesmas na produção industrial. Reconhece ainda a utilidade e o valor no estabelecimento de parceria com a Universidade do Minho, o que contribui para o seu nível de destaque”.

O Comissário vai dar “atenção à integração dos centros de investigação em redes europeias” com a visita ao “Centro Tecnológico CITEVE, como referência internacional pela qualidade no desenvolvimento de novos materiais”.

Esta etapa de visitas inclui também “o CENTI (Centro Nanotecnologia Materiais Técnicos, funcionais e Inteligentes) e o Centro de Investigação 3B’s (Biomateriais, Biodegradáveis e Biomiméticos)” que foi “contemplado recentemente com um investimento de 15 milhões de euros do Programa Horizonte 2020 para a criação de um centro de investigação de excelência europeu em Medicina Regenerativa e de Precisão”.

A visita do Comissário ao Minho inclui ainda um debate com cidadãos sobre a ‘União Europeia, desafios presentes e o papel das próximas gerações’, a decorrer auditório B1 do Campus de Gualtar, em Braga, às 11h00 de 20 de dezembro, com entrada livre.

Na Reitoria da Universidade do Minho, às 14h45 de 20 de dezembro, Carlos Moedas fala com estudantes Erasmus e jovens envolvidos em ações de voluntariado.

A terceira etapa do Roteiro da Ciência de Carlos Moedas no Minho “termina com a visita à Startup Braga”, onde vai “ouvir os empreendedores de empresas recém-criadas”, com o objetivo de “melhor compreender as vantagens e os desafios destas no mercado europeu e nacional”.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz