Galardão Erasmus+ entregue a Tiago Brandão Rodrigues

Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação recebeu, no dia 13 de junho, na cerimónia comemorativa do 30.º aniversário do Erasmus, que se realizou no Parlamento Europeu, o Galardão Erasmus+.

0
1
Partilhas
Galardoados com Erasmus+, da Esquerda para a Direita, Jens Schmitz, da Alemanha, Eva Sakalova, da Eslováquia, e Tiago Brandão Rodrigues, de Portugal.
Galardoados com Erasmus+, da Esquerda para a Direita, Jens Schmitz, da Alemanha, Eva Sakalova, da Eslováquia, e Tiago Brandão Rodrigues, de Portugal. Foto: UE/Mauro Bottaro

A União Europeia celebrou os 30 anos do ‘Erasmus’, o programa de intercâmbios de jovens no estrangeiro, e que desde o seu lançamento já permitiu que mais de 9 milhões de jovens pudessem estudar, estagiar ou fazer voluntariado noutros países europeus.

Neste 30.º aniversário do ‘Erasmus’, celebrado no Parlamento Europeu (PE), e presidido Antonio Tajani, pelo presidente do PE, e por Jean-Claude Juncker, Presidente da Comissão Europeia, onde participaram 33 beneficiários do programa, um por cada país participante, foram entregues os galardões ‘geração Erasmus+’.

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, foi um dos galardoados, bem como a atriz eslovaca Eva Sakalova e um representante da nova geração Erasmus, Jens Schmitz, um jovem de 22 anos da Alemanha.

“Cada euro que investimos no programa ‘Erasmus+’ é um investimento no futuro, no futuro de um jovem e da nossa ideia de Europa, referiu Jean-Claude Juncker, e acrescentou: “No momento em que celebramos as 9 milhões de pessoas participantes, temos de fazer tudo para sermos 9 vezes mais ambiciosos com o futuro do programa ‘Erasmus+’.”

Tibor Navracsics, Comissário da Educação, Cultura, Juventude e Desporto, referiu que “cada intercâmbio ‘Erasmus+’ oferece um enriquecimento de experiência de vida, tanto no plano profissional como pessoal”.

O Comissário lembrou ainda que os “30 anos de mobilidade e cooperação deram à Europa uma geração de espírito aberto e empreendedora de 9 milhões de pessoas, que estão hoje a modelar o futuro da nossa sociedade.”

A Comissão Europeia (CE) lançou uma aplicação móvel para apoiar mais de 4 milhões de pessoas, que irão estudar, receber formação e fazer voluntariado no estrangeiro entre 2014 e 2020, a aplicação móvel ‘Erasmus+’ servirá de orientação para os estudantes, os formandos e os jovens em toda a sua experiência ‘Erasmus+’.

No entender da CE a aplicação irá ajudar a tornar o programa mais inclusivo e acessível a todos.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz