Governo tem novos ministros

Tomaram posse, hoje, cinco ministros: Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira; da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho; da Cultura, Graça Fonseca; da Saúde, Marta Temido de Almeida Simões, e do Ambiente e da Transição Energética, João Matos Fernandes.

0
Novos ministros
Novos ministros, da esquerda para a direita: João Matos Fernandes; Marta Temido de Almeida Simões; Pedro Siza Vieira; Graça Fonseca e João Cravinho. Foto: TVEuropa

O Primeiro-ministro António Costa procedeu a uma alteração de alguns ministros no seguimento do pedido de demissão de José Azeredo Lopes, enquanto Ministro da Defesa Nacional. Os novos ministros foram hoje empossados nos cargos pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Os novos ministros incluem João Gomes Cravinho como Ministro da Defesa Nacional, que neste caso substitui José Azeredo Lopes. João Cravinho é Professor Universitário e Embaixador, doutorado em Ciência Política pela Universidade de Oxford, e foi Secretário de Estado da Defesa e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, nos governos chefiados o então Primeiro-ministro José Sócrates.

Pedro Siza Vieira que vinha exercendo o cargo de Ministro Adjunto é agora empossado como Ministro Adjunto e da Economia, substituindo na Economia, Manuel Caldeira Cabral. Pedro Siza Vieira exerceu funções de Professor Convidado da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa e da Universidade Nova de Lisboa, e como advogado, exerceu na sociedade de advogados Morais Leitão, J. Galvão Teles e Associados, de que foi sócio e foi ainda sócio da Linklaters LLP.

Graça Fonseca é a nova Ministra da Cultura, substituindo no cargo Luís Filipe Castro Mendes. Graça Fonseca vinha exercendo do cargo de Secretária de Estado da Modernização Administrativa, foi vereadora na Câmara Municipal de Lisboa de 2009 a 2015 com pelouros da Economia, Inovação, Educação e Reforma Administrativa. Antes, entre 2005 e 2007 foi chefe de gabinete de António Costa enquanto Ministro de Estado e da Administração Interna, no Governo do Primeiro-ministro José Sócrates.

Marta Temido de Almeida Simões é a nova Ministra da Saúde, sucedendo a Adalberto Campos Fernandes. Marta Temido de Almeida Simões exercia atualmente o cargo de subdiretora do Instituto de Higiene e Medicina Tropical e era presidente não executiva do Conselho de Administração do Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa. É licenciatura em Direito, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, e doutorada em Saúde Internacional pelo Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa.

João Matos Fernandes assume agora o Ministério do Ambiente e da Transição Energética. Um novo Ministério que inclui a energia, uma área que antes estava no Ministério da Economia. João Matos Fernandes, que vinha exercendo o cargo de Ministro do Ambiente, é licenciado em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, foi adjunto do Secretário de Estado dos Recursos Naturais, em 1995, e chefe de gabinete do Secretário de Estado Adjunto da Ministra do Ambiente, entre 1997 e 1999. Era presidente do Conselho de Administração da Águas do Porto, quando chegou pela primeira vez a Ministro, em 2015.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!