Moderna testa vacinas COVID-19 de reforço para novas variantes

Estudo da Moderna está a avaliar eficácia de vacinas COVID-19 modificadas de reforço. As vacinas de reforço pretendem cobrir as estirpes da África do Sul, do Reino Unido e antigas. O estudo envolve 60 participantes e três vacinas candidatas a reforço.

0
Moderna testa vacinas COVID-19 de reforço para novas variantes
Moderna testa vacinas COVID-19 de reforço para novas variantes

A Moderna, empresa de biotecnologia pioneira em terapias e vacinas de RNA mensageiro (mRNA), anunciou hoje, 10 de março, que os primeiros participantes num estudo em curso tomaram as vacinas COVID-19 que foram modificadas para lidar com a necessidade potencial de vacina de reforço para as novas estirpes.

O mRNA-1273.351 codifica para a proteína “Spike” estabilizada de pré-fusão da variante B.1.351 do SARS-CoV-2, identificada pela primeira vez na República da África do Sul, está a ser avaliada como uma vacina de reforço para aumentar a amplitude da resposta a variantes emergentes.

O mRNA-1273.211 é um candidato multivalente que combina o mRNA-1273, a vacina autorizada da Moderna contra estirpes ancestrais, e o mRNA-1273.351 numa única vacina, projetada para provocar uma ampla resposta imune como uma série primária e quando administrada como reforço para os que já receberam o mRNA-1273.

Dados publicados anteriormente mostraram que a vacinação com a vacina Moderna COVID-19 é eficaz contra todas as principais variantes testadas, incluindo a B.1.1.7, conhecida como variante do Reino Unido, e a B.1.351, conhecida como variante da África do Sul, com uma redução de 6 vezes nos títulos neutralizantes contra B.1.351. Como cautela, a Moderna indica que está à procura de uma estratégia de desenvolvimento clínico contra as variantes emergentes. Uma emenda ao estudo de Fase 2 vai envolver 60 participantes vacinados previamente com uma vacina mRNA-1273 e que cada grupo de 20 participantes vai receber uma única dose de reforço de:

20 µg de um candidato a reforço específico da variante da vacina mRNA-1273.351, com base na variante B.1.351 ou variante da África do Sul

50 µg de mRNA-1273.351

50 µg de um candidato a reforço multivalente, mRNA-1273.211, que combina mRNA-1273, vacina autorizada Moderna contra estirpes ancestrais e mRNA-1273.351 numa única vacina.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!