Normas: Pacientes com coronavírus que necessitam de cirurgia de emergência

Procedimentos para anestesia cirúrgica em pacientes com infeção por coronavírus ou sobre suspeita, com necessidade urgente de uma intervenção cirúrgica. Proteção do pessoal de saúde e do doente e equipamento adequado.

0
Normas: Pacientes com coronavírus que necessitam de cirurgia de emergência
Normas: Pacientes com coronavírus que necessitam de cirurgia de emergência. Foto: DR

Em artigo publicado na Surgical Infections, os médicos descrevem o procedimento standard de anestesia cirúrgica em pacientes com infeção por COVID-19 e que necessitam de cirurgia de emergência. O procedimento permite minimizar o risco de propagação do vírus e reduzir a lesão pulmonar.

Xianjie Wen do Hospital Afiliado da Universidade Jinan, em Guangzhou, e Yiqun Li do Hospital Popular da Cidade de Foshan, são os coautores do artigo “Procedimento de anestesia de operação de emergência para pacientes com suspeita ou confirmação de COVID-19”.

Os médicos discutem a necessidade de uma sala de operações com pressão negativa, proteção para os anestesiologistas e requisitos especiais para o equipamento, aparelhos e medicamentos anestésicos utilizados. Eles descrevem a indução da anestesia e a estratégia de ventilação mecânica durante a manutenção da anestesia para reduzir a lesão pulmonar relacionada com o ventilador.

“Evitar gotículas no ar de pacientes infetados que estão a ser ventilados é importante para evitar a transmissão dessas infeções ao pessoal da sala de cirurgia e a outros pacientes que recebem atendimento na sala de cirurgia”, referiu o editor chefe de infeções cirúrgicas, Donald E. Fry, da Feinberg Faculdade de Medicina, Universidade Northwestern, nos EUA.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!