Resposta Mundial ao Coronavírus angaria 7,4 mil milhões de euros

No primeiro dia de lançamento da maratona mundial de angariação de fundos, organizada pela Comissão Europeia, para garantir o acesso universal às vacinas no combate à pandemia de COVID-19, foi atingido o valor de 7,4 mil milhões de euros.

0
Resposta Mundial ao Coronavírus angaria 7,4 mil milhões de euros
Resposta Mundial ao Coronavírus angaria 7,4 mil milhões de euros. Foto: © UE

A iniciativa coordenada pela Comissão Europeia para a angariação de fundos no âmbito da Resposta Mundial ao Coronavírus, que para que decorreu hoje foi possível registar compromissos no montante de 7,4 mil milhões de euros.

O valor, um pouco abaixo do objetivo inicial, que era de 7,5 mil milhões, constitui um bom ponto de partida para a maratona mundial de angariação de fundos hoje lançada, tendo a Comissão Europeia assumido o compromisso de 1 400 milhões de euros.

O objetivo consiste em mobilizar financiamentos avultados para assegurar a colaboração no desenvolvimento de testes de diagnóstico, tratamentos e vacinas contra o coronavírus, bem como a sua distribuição em todo o mundo.

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia (CE), afirmou: “O mundo demonstrou hoje uma unidade extraordinária em prol do bem comum. Os governos e as organizações de saúde à escala mundial uniram forças na luta contra o coronavírus. Este empenho atesta que estamos no bom caminho para desenvolver, produzir e mobilizar uma vacina para todos”.

Mas a presidente da CE referiu que “se trata-se apenas de um início”, pois é preciso “manter estes esforços e estar preparados para contribuir mais ainda. A maratona de angariação de fundos prosseguirá. No encalço dos governos, a sociedade civil e os cidadãos em todo o mundo devem igualmente aderir a esta iniciativa, numa mobilização mundial de esperança e de determinação”.

A conferência de doadores foi convocada pela União Europeia e por países como o Canadá, a França, a Alemanha, a Itália (que assegurará a futura presidência do G20), o Japão, o Reino da Arábia Saudita (atualmente responsável pela presidência do G20), a Noruega, Espanha e o Reino Unido.

Uma iniciativa que constitui uma resposta ao apelo lançado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e por um grupo de intervenientes no setor da saúde no sentido de uma colaboração à escala mundial tendo em vista o rápido desenvolvimento, produção e acesso em condições equitativas em todo o mundo a novas tecnologias de saúde essenciais para combater o coronavírus. A iniciativa intitulada Resposta Mundial ao Coronavírus comporta três parcerias para efeitos da realização de testes, tratamento e prevenção, para reforçar os sistemas de saúde.

Nesta doação e entre vários países encontra-se Portugal que assumiu o compromisso de 10 milhões de euros, a Espanha de 125 milhões, a França de 1,51 mil milhões, a Alemanha de 525 milhões, o Reino Unido de 547 milhões, a Itália de 72 milhões, a Noruega quase 189 milhões, a Arábia Saudita mais de 456 milhões de euros, a Austrália mais de 105 milhões, a África do Sul mais de 1,188 milhões, o Japão mais de 762 milhões e o Canadá mais de 551 milhões de euros.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!