Vinho Verde Fest. O festival do vinho verde em Braga

A Capital do Minho recebe a maior festa do vinho verde, com showcookings, degustação, concurso de melhor vinhos e lançamento de novas marcas. Nos dias 31 de maio, 1 e 2 de junho.

0
Vinho Verde Fest. O festival do vinho verde em Braga
Vinho Verde Fest. O festival do vinho verde em Braga. Foto: DR

O Vinho Verde Fest que decorre em Braga nos dias 31 de maio, 1 e 2 de junho, vai contar com a presença de mais de 150 referências de vinho verde, e permitir promover e degustar as melhores marcas de Vinho Verde.

”O objetivo é utilizar a maior cidade da região para dar mais visibilidade aos vinhos verdes na sua promoção”, explicou Altino Bessa, vereador da Câmara Municipal de Braga. O Vinho Verde Fest é organizado pela Câmara Municipal de Braga e pela Associação Comercial de Braga.

Durante os três dias do festival do vinho verde são várias as atividades, incluindo showcookings e provas de vinhos e espumantes de vinho verde, que envolvem “provas de vinhos documentadas, presença de grandes chefes da região como o Renato Cunha para celebrar o vinho verde e gastronomia”, indicou o vereador da CMB.

O lançamento da Cerveja da Adega de Ponte da Barca com a Letra e a eleição dos melhores vinhos verdes da feira de 36 produtores, todos com o selo do evento, é outra das atividades. Altino Bessa lembrou: “Temos seis distritos presentes e 48 municípios diferentes. É uma grande oportunidade para a ativação de marca dos vinhos verdes junto dos consumidores”.

A edição de 2019 do Vinho Verde Fest vai realizar-se em simultâneo com a Expocidades, Mostra turística das cidades do Eixo Atlântico, com a representação de 30 cidades do norte de Portugal e da Galiza. Esta simultaneidade “é uma sinergia perfeita na promoção da cultura, da gastronomia e do vinho dos dois países”.

O vinho verde é uma atividade que produz 200 milhões de euros de riqueza por ano na região e que exporta mais de 100 milhões anualmente. “Uma atividade muito importante para a criação de emprego” e fomentadora da economia local e da riqueza da região”.

Em 2018, as vendas de vinho verde para fora de Portugal atingiram 64 milhões de euros, a um preço médio de 2,2 a 2,3 euros por litro, segundo a Comissão de Viticultura. Os Estados Unidos e a Alemanha continuam a ser os principais mercados externos entre os “mais de 100” onde o vinho verde chega. França, Canadá, Reino Unido e Japão seguem-se na lista dos países que mais compram vinho verde e “o mercado nacional tem-se comportado bem”, ficando com quase metade do vinho vendido.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!