08 Dezembro 2021

Tag: Doenças neurológicas

COVID-19 pode desencadear a síndrome de Guillain-Barré

COVID-19 pode desencadear a síndrome de Guillain-Barré

Pacientes que contraíram a COVID-19 foram diagnosticados com a síndrome de Guillain-Barré. Investigadores concluíram que uma infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 poderá causar a doença neurológica rara.
Alterações da córnea do olho mostram efeitos da COVID-19 a longo prazo

Alterações da córnea do olho mostram efeitos da COVID-19 a longo prazo

Perda de fibra nervosa e aumento de células dendríticas na superfície do olho, ou córnea, podem indicar efeito de 'COVID longa'. A condição de saúde coincide entre pacientes que tiveram sintomas neurológicos durante a infeção pela COVID-19.
Doença neurológica rara após vacinação COVID-19

Doença neurológica rara após vacinação COVID-19

Na Índia e na Inglaterra foram relatados casos da síndrome de Guillain-Barré, 10 a 22 dias após vacinação contra a COVID-19. Os investigadores alertam para vigilância sobre fraqueza bifacial com parestesia variante da síndrome, após toma da vacina.
COVID-19 compromete cognição como a doença de Alzheimer

COVID-19 compromete cognição como a doença de Alzheimer

Coronavírus que causa a COVID-19 pode levar a comprometimento cognitivo semelhante à doença de Alzehimer, conclui estudo de investigação. Pessoas com COVID-19 podem sofrer, mesmo a longo prazo, de problemas neurológicos.
Doença neurológica rara associada à COVID-19 em 21 países

Doença neurológica rara associada à COVID-19 em 21 países

Lesões na medula espinhal após contrair o coronavírus foram identificadas em pessoas em 21 países. Três pessoas apresentaram Mielite Transversa Aguda durante os testes da vacina contra a COVID-19 da AstraZeneca.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS