Tag: Instituto Gulbenkian de Ciência

Vacina oral contra a COVID-19 usa bactérias para induzir anticorpos

Vacina oral contra a COVID-19 usa bactérias para induzir anticorpos

Equipa de investigadores de vários laboratórios portugueses está a desenvolver uma vacina contra a COVID-19. A vacina utiliza uma bactéria onde é expressa a proteína “Spike” do SARS-CoV-2 para estimular uma resposta imune à COVID-19.
Estudo português mostra que vacina COVID-19 da Pfizer ativa resposta imunitária

Estudo português mostra que vacina COVID-19 da Pfizer ativa resposta imunitária

Investigação do Instituto Gulbenkian de Ciência e Centro Hospitalar Lisboa Ocidental mostra que 90% de 1.200 profissionais de saúde que receberam a primeira dose da vacina COVID-19 da Pfizer- BioNTech apresentam resposta imunitária à vacina.
Uso de saliva no diagnóstico de COVID-19 está em estudo no IGC

Uso de saliva no diagnóstico de COVID-19 está em estudo no IGC

Estudo no Instituto Gulbenkian de Ciência, em Oeiras, mostra que a saliva pode ser usada com eficácia na deteção das pessoas infetadas com COVID-19, em substituição do recurso a amostras de nasofaríngea e orofaríngea, colhidas por zaragatoa.
Resistência a antibióticos ligada à flora intestinal

Resistência a antibióticos ligada à flora intestinal

Flora intestinal de cada indivíduo determina a existência de bactérias resistentes a antibióticos. Investigação liderada por Isabel Isabel Gordo do Instituto Gulbenkian de Ciência aponta para a necessidade de terapias personalizadas de combate às bactérias.
“Arca de Noé microbiana” envolve investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência

“Arca de Noé microbiana” envolve investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência

Investigadores pretendem criar “Arca de Noé microbiana” para preservar a diversidade de micróbios e garantir a saúde de gerações futuras. A iniciativa “Microbiota Vault” da Universidade Rutgers tem o apoio de investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência.
Trabalhos de laboratório

Cancro, descoberto possível “calcanhar de Aquiles”

Equipa de investigadores, liderada por Mónica Bettencourt Dias, olhou para o interior das células e descobriu um possível “calcanhar de Aquiles” do cancro. As conclusões do estudo podem levar a novos prognósticos e a prever o tratamento contra o cancro.
Padrões de reprodução humana dependem de fatores culturais

Padrões de reprodução humana dependem de fatores culturais

Celebrações religiosas desenvolvem ‘estados amorosos’ que influenciam a reprodução humana. Celebrações de Natal e festividades religiosas do Eid-al-Fitr e Eid-al-Adha marcam ciclos reprodutivos. Estudo foi publicado na revista Scientific Reports.
Trabalhos de laboratório

Investigadores do IGC descobrem mecanismo ligado a doenças inflamatórias

Investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) descobrem mecanismo de controlo de moléculas envolvidas em doenças inflamatórias. Um conhecimento que pode levar a novos avanços sobre doenças, como a inflamatória intestinal, artrite e cancro.
Os peixes expressam estados emocionais

Descobertos estados emocionais em peixes

Investigadores descobriram que os peixes manifestam estados emocionais que dependem da perceção dos estímulos. Os investigadores mostraram que os peixes têm respostas fisiológicas e neuromoleculares no sistema nervoso central em função de estímulos emocionais.
Trabalho em laboratório

Investigação do IGC avança para terapêuticas contra a sépsis

Uma equipa de investigação liderada por Miguel Soares do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) descobriu um novo mecanismo que tem um efeito protetor contra a sépsis. O estudo oferece novos caminhos para futuras abordagens terapêuticas contra a sépsis.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS