27 Novembro 2021

Tag: Neurociências

Laboratório

Roche vai atribuir 42.500 euros a jovens investigadores e startups em neurociências

Roche abriu candidaturas para selecionar ideias de jovens investigadores e startups em neurociências a quem vai atribuir um total de 42.500 euros e mentoring. Candidaturas terminam no próximo dia 22 de novembro de 2019.
Laboratório

Roche apoia jovens investigadores e startups em neurociências

Roche disponibiliza 17.500 euros e mentoring para apoio a jovens investigadores e startups com ideias na área das neurociências. As candidaturas ao "Building tomorrow together" estão abertas de 1 de julho a 13 de setembro de 2019.
Rita Guerreiro e José Brás integram equipa de cientistas do Van Andel Research Institute

Rita Guerreiro e José Brás integram equipa de cientistas do Van Andel Research Institute

Cientistas portugueses em doenças neurodegenerativas, Rita Guerreiro e José Brás, integram grupo de neurocientistas de topo mundial no Van Andel Research Institute, nos EUA.
Avanços em Neurologia em 2018 no Centro Médico Cedars-Sinai

Avanços em Neurologia em 2018 no Centro Médico Cedars-Sinai

A poluição do ar pode causar alterações no cérebro, e essas alterações podem tornar as pessoas mais suscetíveis ao cancro, à doença de Alzheimer e a outros distúrbios neurológicos, concluiu estudo de investigadores e médicos do Cedars-Sinai.
Nuno Sousa e Luísa Lopes vencem Prémios Santa Casa Neurociências 2018

Nuno Sousa e Luísa Lopes vencem Prémios Santa Casa Neurociências 2018

Nuno Sousa, da Universidade do Minho, e a Luísa Lopes, do Instituto de Medicina Molecular, são os vencedores dos Prémios Santa Casa Neurociências 2018. Cada investigador recebe bolsa de 200 mil euros para desenvolver a investigação proposta.
Descoberto circuito cerebral que dá prioridade ao acasalamento face ao sono. Daniel Machado da UMinho

Descoberto circuito cerebral que dá prioridade ao acasalamento face ao sono

Circuito neuronal que prioriza acasalamento em relação ao sono foi descoberto por cientistas da Universidade do Minho, em parceria com Universidade Thomas Jefferson, nos EUA. O estudo foi divulgado assinalando o Dia Mundial do Sono.
Os neurónios gustativos aparecem a verde na ponta da probóscida da mosca-da-fruta

Descoberta de neurónios gustativos na mosca-da-fruta tem implicações em doenças

Neurocientistas do Centro Champalimaud descobriram que a mosca-da-fruta possuiu neurónios gustativos que são cruciais para a avidez por proteínas. A descoberta pode levar ao controlo da malária e de outras doenças transmitidas por mosquitos.
Centro Champalimaud

Aprendizagem motora vista do lado dos neurónios e as interfaces cérebro-máquina

Investigadores do Centro Champalimaud concluíram, em estudo já publicado, que é possível melhorar o desempenho das interfaces cérebro-máquina de forma que doentes paralisados controlem braços robóticos com o poder da ‘mente’.
Investigadores da UMinho com estratégia para regenerar lesões vertebro-medulares

Investigadores da UMinho com estratégia para regenerar lesões vertebro-medulares

Equipa de investigadores da Universidade do Minho desenvolveu estratégia para regenerar lesões vertebro-medulares. Testes em animais mostram sucesso. No futuro pode vir ser aplicada aos pacientes com lesões vertebro-medulares.
Neurocientistas descobriram como o cérebro sabe para onde vamos

Neurocientistas descobriram como o cérebro sabe para onde vamos

Como é que o cérebro sabe onde estamos, em que direção e velocidade vamos e como não se deixa enganar por aparentes movimentos? Estas são descobertas de neurocientistas da Fundação Champalimaud.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS