Afeganistão: Segurança das meninas e das mulheres preocupa União Europeia

A segurança das mulheres e meninas afegãs deve ser uma prioridade fundamental da União Europeia no momento em que os talibãs assumem o poder no Afeganistão. As meninas são impedidas de ir à escola e as mulheres vendidas como escravas sexuais.

0
Afeganistão: Segurança das meninas e das mulheres preocupa União Europeia
Afeganistão: Segurança das meninas e das mulheres preocupa União Europeia. Foto: © Rosa Pinto

Evelyn Regner, Presidente da Comissão dos Direitos da Mulher e Igualdade de Género do Parlamento Europeu, fez hoje uma declaração sobre uma das maiores preocupações para a União Europeia face aos rápidos desenvolvimentos no Afeganistão com a tomada do poder pelos talibãs.

“Agora que os Talibãs assumiram o controlo de Cabul, um novo reinado de terror para as pessoas que vivem no Afeganistão começou. Para as mulheres e meninas afegãs, isso significa opressão sistémica e brutal em todos os aspetos da vida. Nas áreas controladas pelos Talibãs, as universidades femininas foram fechadas, estão a negar às meninas o acesso à educação e as mulheres são vendidas como escravas sexuais”.

“Não devemos fechar os olhos a uma crise humanitária que afetará especificamente as mulheres e meninas no Afeganistão. Todos os Estados-membros da UE devem trabalhar juntos para garantir a passagem segura do país para qualquer pessoa em perigo. Todas as negociações futuras devem garantir a segurança e o bem-estar das mulheres e meninas afegãs ”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!